Vicentinho (SP)

Vicente Paulo da Silva, conhecido como Vicentinho é Deputado Federal PT – SP.
Nasceu em 8 de abril de 1956, no Estado do Rio Grande do Norte. Trabalhou como Minerador e ao completar 20 anos de idade, como muitos nordestinos, migrou para região do ABC Paulista, em busca de uma vida melhor.

Esse sonho fez um homem simples e trabalhador acreditar em dias melhores. Após várias dificuldades com sua família surgiu oportunidade no Estado de São Paulo, que se concretizou trabalhando como metalúrgico nas empresas Tamet e depois por vinte e cinco anos, foi funcionário da Mercedes-Benz, na cidade de São Bernardo do Campo, no controle de qualidade. Nessa fase, como metalúrgico e entendendo as dificuldades enfrentadas pela classe trabalhadora, iniciou sua luta em defesa dos direitos e da dignidade das trabalhadoras e dos trabalhadores. Foi quando em 1980, em São Bernardo do Campo, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores.

Como militante sindical, participou das greves da categoria de 1979 e 1980, integrando a Comissão de Mobilização. Em 1981, Vicentinho foi eleito vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo. Cassado pela ditadura militar em 1983, retornou no ano seguinte como primeiro secretário. Eleito presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema em 1987 e reeleito em 1990. Em 1992, foi eleito presidente fundador do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Também presidiu a Central Única dos Trabalhadores – CUT Nacional, da qual também é um dos fundadores. Destaca-se que Vicentinho aos 25 anos foi o membro mais jovem a compor a diretoria-executiva do Sindicato dos Metalúrgicos.


Valores como a ética e a dignidade, sempre pautaram sua trajetória de lutas. Assim, com a sua sensibilidade política e humanitária, mostrou uma disposição de luta indiscutível e, em sua dedicação resultou em importantes conquistas para o nosso povo.


Vicentinho é casado, pai de sete filhos, avô de quatro netos e reside em São Bernardo do Campo – SP. Foi Metalúrgico, onde despontou para o sindicalismo e a política, formou-se em Direito pela Universidade Bandeirantes (São Bernardo do Campo), é pós-graduado em Economia e Relações de Trabalho – UNICAMP (Campinas). Pela Cidadania, é Professor de Direito, na Universidade Brasil – FAPAN (São Bernardo do Campo) e, pelo Estado Democrático de Direito é Advogado.

ATIVIDADES RELIGIOSAS, CULTURAIS, SINDICAIS E POLÍTICAS

 • Participou da Pastoral Operária; 

• Participa da Paróquia São José, em São Bernardo do Campo; 

• Participa do Movimento Nacional de Fé e Política; 

• 1977 – Associa-se ao Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema; 

• 1979 – É membro do Conselho Consultivo da Cooperativa de Consumo dos Trabalhadores da Mercedes-Benz do Brasil; 

• 1980 – Compõe a Comissão de Mobilização dos Metalúrgicos, que comandou a grande greve; 

• 1980 – Filia-se ao Partido dos Trabalhadores em São Bernardo do Campo; 

• 1981 – É eleito Vice-Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema; 

• 1982 – Participa da Primeira Conferência Nacional da Classe Trabalhadora, na Praia Grande; 

• 1983 – É cassado juntamente com a diretoria do Sindicato pela ditadura militar por coordenar na região do ABC a greve geral de Solidariedade aos Petroleiros e contra o arrocho salarial sobre à classe trabalhadora; 

• 1983 – Participa do Congresso de Fundação da Central Única dos Trabalhadores – CUT Brasil – e é eleito Presidente da CUT Regional ABC; 

• 1984 – É eleito Primeiro Secretário do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema; 

• 1984 – Condenado à prisão pela Justiça Militar por liderar as lutas trabalhistas, por protestar contra o desemprego e os decretos de arrocho salarial (Decisão anulada pelo STF); 

• 1987 – É eleito Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema; • 1990 – É reeleito para o 2º mandato; 

• 1992 – É eleito Presidente Fundador do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC; 

• 1994 – É eleito Presidente da Central Única dos Trabalhadores – CUT Nacional; • 1995 – É Fundador e eleito Presidente do Instituto Interamericano pela Igualdade Racial no Trabalho; 

• 1996 – Enquanto presidente da CUT, na condição de representante dos sindicalistas da América do Sul, participou de seminário sobre o neoliberalismo, dentro do Vaticano, oportunidade em que visitou o Papa João Paulo II; 

• 1997 – É reeleito para o 2º mandato na CUT Nacional; • 2000 – É Eleito “Sindicalista do Século” (Almanaque Abril); 

• 2000 – É eleito membro titular do “Fórum de Desenvolvimento Regional do Grande ABC”; • 2002 – É eleito Deputado Federal por São Paulo; 

• 2006 – É reeleito para o 2º mandato; 

• 2010 – É reeleito para o 3º mandato; 

• 2014 – É reeleito para o 4º mandato; 

• 2018 – É reeleito para o 5º mandato; 

• 2018 – É eleito membro titular do “Parlamento Internacional Pela Tolerância e Paz”, representando o Brasil.

Entre dezenas de homenagens recebidas por Vicentinho, destacam-se: • Medalha Papa João Paulo II – Vaticano; • Jack Edwards – EUA; • Troféu Raça Negra – São Paulo; • Medalha da Ordem de Rio Branco – Itamaraty; • Cidadão Ético – Brasília; • Prêmio Nelson Mandela – África do Sul; • Prêmio Franz de Castro de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB São Paulo). Entre dezenas de títulos de Cidadão, destacam-se: NO ABC PAULISTA: • São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra NA GRANDE SP: • São Paulo (Capital), Osasco INTERIOR DE SP: • Barra Bonita, Barra do Turvo, Guapiara, Mirante do Paranapanema, Pederneiras, Pirangi, Pirapozinho, Rafard, Santo Anastácio, Sete Barras, Taciba, Tarabai, Várzea Paulista EM OUTROS ESTADOS: • Carioca (Medalha Pedro Ernesto), Natalense e Piauiense INTERNACIONAL: • Cidadão da República Dominicana.

FOCADO NA REALIDADE DO POVO

Vicentinho tem um mandato diferenciado, com projetos que focam na realidade do povo e visam o desenvolvimento humano e social. Sua atuação parlamentar não deixa dúvidas do seu trabalho sério e compromissado com as mudanças que este país tanto necessita. Como reconhecimento disso, Vicentinho foi eleito pelo DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – por 14 vezes como um dos 100 parlamentares mais atuantes do Congresso Nacional e ficou entre os dez melhores por dois anos seguidos (2011 e 2012) no prêmio Congresso em Foco, na modalidade “melhores deputados”, “defesa da Previdência Social e dos servidores públicos” e “internet”. Em 2014, foi o primeiro parlamentar negro eleito na história do Congresso Nacional a exercer a liderança de uma bancada. SUA ATUAÇÃO É PAUTADA EM CINCO EIXOS PRINCIPAIS: 1. Defesa dos direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores; 2. Contra todo tipo de preconceito e discriminação; 3. Cultura inclusiva, da solidariedade e de paz; 4. Em defesa do meio ambiente; 5. Mandato Participativo. TRAJETÓRIA DE LUTAS COMO DEPUTADO FEDERAL Em 2002, foi eleito Deputado Federal pelo Estado de São Paulo, pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e, atualmente, cumpre seu quinto mandato consecutivo. Sua trajetória sempre foi pautada por valores como ética e dignidade, numa incansável história de lutas buscando por justiça social. Assim, Vicentinho, com a sua sensibilidade política e humanitária mostrou uma disposição de luta indiscutível e sua dedicação resultou em importantes conquistas para o nosso povo.

Vicente Paulo da Silva

Nascimento: 8/4/1956
Naturalidade: Santa Cruz, RN
Profissões: Advogado e Metalúrgico
Gabinete: 740, Anexo 4, Telefone: 3215-5740, Fax: 3215-2740

twitt_peq http://twitter.com/vicentinhopt
fb_peq https://www.facebook.com/DeputadoFederalVicentinho?fref=ts
internethttp://www.vicentinho.com/wp/

 

ÚLTIMAS POSTAGENS