Home Portal Notícias Ministério da Justiça, Funai e PF terão que explicar perseguição a líderes indígenas em audiências na Câmara

Ministério da Justiça, Funai e PF terão que explicar perseguição a líderes indígenas em audiências na Câmara

2 min read
0

As comissões de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (CINDRA) e de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados aprovaram, nessa quarta-feira (5), audiências públicas que tratarão da denúncia apresentada pela Fundação Nacional do Índio (Funai) à Polícia Federal, contra lideranças indígenas. A coordenadora da Articulação dos Povos indígenas do Brasil (Apib), Sônia Guajajara, e Almir Suruí são alvos de inquéritos da Polícia Federal por suposta difamação ao governo federal.

Foto: Acervo do Gabinete da deputada

As reuniões que foram requeridas pelo deputado Airton Faleiro (PT-PA), na CINDRA, e pela deputada Professora Rosa Neide (PT-MT), na CDHM; em conjunto com a deputada Joênia Wapichana (REDE-RR), e os deputado José Ricardo (PT-AM) e Leo de Brito (PT-AC) ainda não têm datas definidas para acontecer, mas por se tratar de uma mesma pauta, é provável que aconteçam de forma conjunta pelas duas Comissões.

Além da Funai, também serão chamadas representações do Ministério da Justiça, Polícia Federal e Ministério Público para que expliquem esta ação. “Pelas informações até aqui apresentadas configura-se em um ato totalmente absurdo, descabido e autoritário, que visa somente intimidar nossas lideranças indígenas”, afirmou o deputado Airton Faleiro.

Deputado Airton Faleiro. Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados-Arquivo

Na mesma sessão, as lideranças indígenas Sônia Guajajara e Almir Suruí terão a oportunidade de apresentarem as suas defesas.

Assessoria de Comunicação

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Paulo Pimenta, sobre o povo de volta às ruas: Se não houver impeachment, o capitão continuará matando

O que o Brasil presenciou no último sábado, 29 de Maio de 2021 – o #29M –, convocado pelos…