Home Portal Notícias Manchetes Leo de Brito quer que ministro da Justiça explique sobre a intervenção na PF do Amazonas

Leo de Brito quer que ministro da Justiça explique sobre a intervenção na PF do Amazonas

3 min read
0

O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) apresentou requerimento de convocação na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) na Câmara dos Deputados, nessa quinta-feira (15). O parlamentar solicita que o ministro da Justiça, Anderson Torres, seja convocado para prestar esclarecimentos sobre a possível intervenção política do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal após a troca do Diretor-geral do órgão, Rolando Alexandre de Souza por Paulo Maiurino.

Segundo reportagem do jornal Folha de São Paulo, publica na quarta-feira (14), o atual Diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, decidiu trocar o chefe do órgão no Amazonas, Alexandre Saraiva, que estava em atrito com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por causa da maior apreensão de madeira do Brasil. O delegado Saraiva criticou o ministro do Meio Ambiente, ao dizer ser a primeira vez que viu um titular da pasta se posicionar contra uma ação que mira preservar a floresta amazônica. Ele afirmou: “na Polícia Federal não vai passar boiada”, disse Saraiva à Folha, usando termo utilizado por Salles em reunião ministerial do ano passado.

Interferência na PF

Para o parlamentar, diante dos fatos revelados pelo jornal, tudo indica que Bolsonaro pode estar interferindo na Polícia Federal. “Não é de hoje que isso ocorre. O inquérito contra Bolsonaro que tramita no STF (nº 4831) é resultado das declarações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro, quando deixou o governo. À ocasião, o ex-juiz da Operação Lava Jato afirmou que o presidente teria tentado interferir no comando da PF e que isso foi um dos principais motivos para o seu pedido de demissão”, diz um trecho do requerimento.

Leo de Brito espera que o requerimento seja aprovado “para que sejam prestados os devidos esclarecimentos sobre a possível intervenção de Jair Bolsonaro na Polícia Federal”. Ele reforça que o momento é oportuno para a convocação já que estão sendo realizadas, nesta semana, as trocas de chefias que comandam setores importantes na PF.

Lorena Vale

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Assista o vídeo e veja como se filiar