Home Portal Notícias Manchetes Presidente da CDHM solicita audiência no STF para tratar da paralisação da reforma agrária no Brasil

Presidente da CDHM solicita audiência no STF para tratar da paralisação da reforma agrária no Brasil

2 min read
0

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), deputado Carlos Veras (PT-PE), solicitou na última segunda-feira (12) audiência com o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), para tratar da Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF 769).

A ação, ajuizada pelos partidos políticos PT, PSOL, PSB, PCdoB e Rede, pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag) e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Brasil (Contraf-Brasil), busca que sejam reconhecidas e sanadas as graves lesões a preceitos da Constituição Federal por órgãos federais decorrentes da paralisação da reforma agrária no Brasil.

A ex-procuradora federal dos Direitos do Cidadão Deborah Duprat, e o ex-ministro da Justiça e ex-procurador Eugênio Aragão, também estão entre os signatários da ação.

O ministro Marco Aurélio Mello é o relator do processo, e o pedido para que a Comissão dos Direitos Humanos atuasse no caso foi feito pelo deputado Patrus Ananias (PT-MG).

“A paralisação do programa de reforma agrária desrespeita a Constituição Federal e penaliza as famílias de agricultores, que aguardam um pedaço de terra para viver e produzir seus alimentos. Contribui, ainda, com o agravamento de diversos conflitos nas áreas rurais do nosso país. A comissão quer contribuir para que o processo seja julgado com a celeridade necessária”, explica Carlos Veras.

 

Assessoria Parlamentar

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Com o voto do PT, Câmara aprova projeto que cria a Semana Escolar de Combate à Violência contra a Mulher

A Câmara aprovou na noite desta quinta-feira (6) o projeto de lei (PL 598/19), do Senado, …