Home Portal Notícias Desgraça ambiental: Petistas criticam Carla Zambelli, processada por fake news, e agora presidente da Comissão de Meio Ambiente

Desgraça ambiental: Petistas criticam Carla Zambelli, processada por fake news, e agora presidente da Comissão de Meio Ambiente

7 min read
0

“O pior dos mundos”. Assim reagiram os deputados Nilto Tatto (PT-SP) e João Daniel (PT-SE) à indicação da deputada Carla Zambelli (PSL-SP) para a presidência da Comissão de Meio Ambiente da Câmara. O histórico da deputada – conhecida por disseminar declarações falsas e ataques à ambientalistas – leva os parlamentares a vislumbrarem um cenário devastador com sua presença à frente do colegiado. A Bancada do PT lutou para evitar mais esse retrocesso.

“É o pior dos mundos do ponto de vista da ameaça aos direitos coletivos representados na área socioambiental”, reagiu Nilto Tatto à indicação de Zambelli, que é aliada do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e de Jair Bolsonaro – ambos responsáveis pelos grandes retrocessos na área ambiental do País.

Para o ex-coordenador do Núcleo Agrário da Bancada do PT na Câmara, deputado João Daniel, a nomeação de Carla Zambelli significa um grande retrocesso para a área ambiental do Brasil. “É triste, por isso nosso repúdio à Câmara votar, apoiar e eleger uma presidenta da Comissão de Meio Ambiente que representa a desgraça ambiental deste País”, defenestrou o deputado.

Não é à toa a revolta do parlamentar sergipano. Em um evento promovido pela ONU, em novembro de 2019, a parlamentar bolsonarista acusou as ONGs de colocarem fogo na Amazônia para criminalizar o governo de Bolsonaro. Na mesma ocasião, Zambelli alegou que a Amazônia nunca havia queimado tão pouco nos últimos 20 anos. Informação falsa que se contrapõe aos levantamentos ambientais.

“Carla Zambelli é uma presidenta aliada de Bolsonaro, do ministro do Meio Ambiente, uma presidenta que responde a processo no STF por fake News, por mentira. Ela representa o que há de pior, atraso da história da sociedade brasileira. Ela dará ao Brasil uma visão de que a comissão da Câmara na área do meio ambiente está entregue ao lixo e ao serviço do agronegócio, a serviço do desmatamento, da grilagem de terra e do total descaso com a questão ambiental”, lamentou João Daniel.

Boiada de Salles

O deputado Nilto Tatto lembrou que Ricardo Salles conseguia fazer a “boiada passar” a partir de mudanças nas normas infralegais, com desestruturação de programas ou com corte no orçamento da pasta. “Agora, com a nova direção na Comissão de Meio Ambiente e também da Comissão de Constituição e Justiça, e da Comissão de Agricultura, está dada todas as condições para boiada começar a passar, agora também do ponto de vista de retrocessos na legislação”, alertou o deputado se referindo à composição das comissões citadas por ele.

Momento de embate

O deputado prenuncia momentos difíceis, árduos e de muita luta para aqueles que defendem o meio ambiente no País. Segundo o parlamentar paulista, tudo se agrava porque, além da composição, há o funcionamento das comissões que, com a pandemia, passaram a ter reuniões e votações remotas, o que não permite a participação da sociedade civil nos debates.

“Então, vai ser um momento muito difícil de embate na Câmara, que coloca em risco ganhos da sociedade brasileira nas últimas décadas. O que a gente vislumbra daqui pra frente é um período muito ruim do ponto de vista das conquistas no campo do direito”, preocupou-se Nilto Tatto.

Fakes de Zambelli

Entre as inúmeras declarações falsas da deputada, está aquela em que ela afirma que o desmatamento está sob controle, que o Brasil é o país que mais preserva. Em setembro de 2020, postou em sua conta pessoal no Instagram que “ao contrário do que dizem, nossos valiosos patrimônios naturais, como a Amazônia e o Pantanal, são preservados pelo governo de Bolsonaro”. A legenda acompanha uma imagem na qual está escrito que “temos o maior programa de pagamento de serviços ambientais do mundo” — falso — e que “nosso código florestal é o mais restritivo do mundo” — o que é enganoso.

Benildes Rodrigues com informações do site Eco

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Campanha Nacional Fora Bolsonaro convoca novo ato para dia 19

No próximo dia 19 de junho,  sábado, a Campanha Nacional Fora Bolsonaro realiza nova manif…