Home Portal Notícias União de governadores contra a Covid-19 traz esperança ao país

União de governadores contra a Covid-19 traz esperança ao país

7 min read
0

Diante de um presidente da República que se mostra, a cada medida que toma, disposto a sabotar o combate à pandemia de Covid-19, contribuindo para a morte de mais de mil brasileiros por dia, governadores resolveram se unir, trazendo esperanças de que, unido, o país pode enfrentar a gravíssima crise sanitária e econômica.

Por meio do Fórum Nacional dos Governadores, gestores estaduais anunciarão, até o próximo domingo (14), medidas a serem tomadas de forma conjunta, em todo o país, para frear o avanço do novo coronavírus. Até a manhã desta segunda-feira (8), 22 dos 27 governadores já haviam se juntado à iniciativa.

“Não adianta o meu estado fazer e outro não fazer. Isso é o que chamei de ‘enxugar gelo’, ou seja, a transmissibilidade tem que ser cortada nacionalmente. É claro que o ideal é como fazem outros países, o poder central estar fazendo isso. Os Estados Unidos não faziam na época do Trump, mas estão fazendo agora com o Joe Biden”, afirmou o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), porta-voz do fórum, que, nesta segunda-feira (8), viajou ao Rio de Janeiro para se encontrar com técnicos da FioCruz e buscar diálogo com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que também cumpre agenda na capital fluminense.

Foto: Lucas Dias

As medidas a serem tomadas conjuntamente pelos governadores ainda estão sendo debatidas, mas segundo Wellington Dias, elas podem incluir ações como a proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir de um determinado horário e de eventos com aglomeração. A lista deve incluir uma estratégia comum mínima, cabendo a cada gestor estadual ampliá-la de acordo com as necessidades de seu estado.

Independentemente dessa agenda, os governadores do PT não param de tomar medidas que buscam salvar suas populações. Enquanto, no Ceará, Camilo Santana, anunciou uma série de ações para ajudar comerciantes a enfrentarem o necessário período de fechamento, na Bahia, Rui Costa informa que o contrato para a compra direta da vacina Sputnik V já está pronto, aguardando apenas a autorização do Supremo Tribunal Federal (STF).

PT propõe conferência

A pandemia de Covid-19 já matou 260 mil brasileiros, e os números não param de crescer. No último domingo, dia em que os números costumam ser mais baixos pela dificuldade de compilar os dados, foram registradas quase 1.500 novos óbitos. Especialistas acreditam que o Brasil pode chegar, em breve, à marca de 3 mil mortes diárias.

Os governadores já apelaram repetidas vezes para que o Ministério da Saúde criasse uma estratégia de enfrentamento nacional à Covid-19. Porém, ouviram de técnicos da pasta que, embora concordem com a necessidade de uma ação do tipo, Jair Bolsonaro não permite que a mobilização conjunta ocorra, apurou a Folha de S. Paulo.

Diante de tal situação, governadores e prefeitos devem agir para proteger a vida dos brasileiros. Na sexta-feira, o Partido dos Trabalhadores divulgou uma resolução na qual lista uma série de medidas para que o Brasil possa superar essa crise. A realização de uma conferência de governadores e prefeitos é justamente a primeira das propostas.

Segundo o documento, o encontro servirá “coordenar as ações de enfrentamento à pandemia, com prioridade para a vacinação, a expansão do atendimento médico-hospitalar, a recomposição dos recursos do SUS, a testagem da população e medidas mais rigorosas de isolamento social, avaliando inclusive a adoção do ‘lockdown’, num ato concreto de resistência contra o governo Bolsonaro, que vem se demonstrando o maior aliado do vírus” (clique para acessar a íntegra da resolução).

 

Por PT Nacional

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Condenação de Gabrielli pelo TCU é clara injustiça

A decisão de ontem (15 de abril) do Tribunal de Contas da União, que condenou o ex-preside…