Home Portal Notícias Coronavirus Pedro Uczai e Professora Rosa Neide afirmam que volta às aulas presenciais é uma irresponsabilidade

Pedro Uczai e Professora Rosa Neide afirmam que volta às aulas presenciais é uma irresponsabilidade

5 min read
0

O deputado Pedro Uczai (PT-SC) e a deputada Professora Rosa Neide (PT-MT) afirmaram nesta segunda-feira (8) que é uma irresponsabilidade defender a volta as aulas presenciais no atual momento de descontrole e expansão da pandemia do novo coronavírus no País. Segundo os parlamentares, além de expor os profissionais da educação ao contágio, os próprios estudantes correm risco de contaminação, podendo ainda disseminar o vírus para dentro de suas próprias casas. Apesar disso, os petistas defenderam que os governos federal, dos estados e municípios garantam o acesso de todos os estudantes ao ensino remoto, pelo menos até que todos os professores e professoras estiverem vacinados.

“A volta às aulas presenciais neste momento é uma irresponsabilidade. Estamos falando de 40 milhões de estudantes do ensino público que podem se contaminar, ou infectar professores, como também podem ser tornar vetores da transmissão levando o vírus para dentro de seus lares. Não somos contra a volta às aulas, mas queremos que isso ocorra de forma segura. Não acreditamos que possamos ter as condições de evitar aglomerações, de crianças e adolescentes, e manter o distanciamento social desse estudantes”, argumentou Uczai.

Ainda de acordo com o parlamentar, que também preside a Frente Parlamentar em Defesa da Implementação do PNE, qualquer possiblidade de volta às aulas presenciais deve ser precedido da vacinação de todos os profissionais da educação. “Os professores precisam entrar no grupo prioritário de vacinação. Por isso existe já ameaça de greve em São Paulo, e discussões entre a categoria em Santa Catarina e no Paraná, caso ocorra a volta às aulas presenciais sem que isso seja feito”, alertou.

Foto: Agência Câmara

Alternativas para os estudantes

A deputada Professora Rosa Neide, que também preside a Frente Parlamentar em Defesa da Escola Pública e em Respeito ao Profissional da Educação, defendeu o retorno às aulas presenciais ao menos depois que todos os professores estejam vacinados. Até que isso ocorra, ela ressaltou que os governos federal, estaduais e municipais precisam garantir o ensino remoto a todos os estudantes.

“A volta às aulas presenciais deve acontecer somente depois que os profissionais da educação estiverem vacinados. No entanto, nosso estudantes não podem ficar sem atenção. O Ministério da Educação precisa se pronunciar, para garantir que todos os estudantes estejam conectados à escola e tenham acesso à tecnologia para estar construindo o conhecimento com orientação dos professores, ainda que a distância”, afirmou.

De acordo com a parlamentar, nos casos de estudantes que morem em regiões sem acesso à internet, seja em uma aldeia indígena ou na zona rural, os governos federal, dos estados e os municípios precisam garantir o acesso ao ensino. “Tem que enviar material didático, e enviar à casa do estudante um professor, com toda segurança. O País precisa assumir a responsabilidade de contatar todas as crianças, adolescentes e jovens, ninguém pode ser deixado para trás”, concluiu Rosa Neide.

Héber Carvalho

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT defende CPI da Covid na Câmara para apurar omissão e responsabilizar Bolsonaro por genocídio

O líder do PT na Câmara, Elvino Bohn Gass (RS), defendeu hoje (13) a criação de uma Comiss…