Home Portal Notícias Coronavirus Parlamentares solicitam reunião da Comissão Representativa do Congresso para debater a crise sanitária no Brasil

Parlamentares solicitam reunião da Comissão Representativa do Congresso para debater a crise sanitária no Brasil

5 min read
0

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara enviaram, nesta sexta-feira (15), um ofício ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e ao presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (DEM-AP), em que solicitam reunião urgente da Comissão Representativa do Congresso para debater sobre as formas de acompanhamento da crise sanitária no País, em especial, no Estado do Amazonas.

Diante do agravamento da crise sanitária nacional – em razão da pandemia causada pelo coronavírus – e a sabotagem do governo federal às medidas necessárias à redução da disseminação da contaminação pelo vírus, os parlamentares querem que sejam definidas estratégias para auxiliar o Estado do Amazonas a superar o colapso do sistema da saúde, com o resgate do fornecimento de oxigênio e com a ampliação dos leitos de UTI; e mapear e acompanhar os estágios de outros estados e municípios, como forma de antecipar e prevenir eventuais situações de colapsos, na falta de um plano logístico conduzido pelo governo federal.

“Tal medida faz-se necessária porque o Congresso Nacional precisa, mais uma vez, fazer uso de sua missão constitucional e oferecer respostas à altura da crise e de sua emergência, sobretudo em locais cujos sistemas de saúde estejam em situação de colapso”, afirmam os petistas no texto.

Assinam o documento os deputados petistas Enio Verri (PR), líder da Bancada do PT na Câmara, Reginaldo Lopes (MG), Rubens Otoni (GO), José Guimarães (CE), Carlos Zarattini (SP), Alessandro Molon (PSB-RJ), Daniel Almeida (PCdoB-BA), Elias Vaz (PSB-GO), Marcelo Ramos (PL-AM), Orlando Silva (PCdoB-SP), Pompeo de Mattos (PDT-RS), Rodrigo Agostinho (PSB-SP), Wolney Queiroz (PDT-PE), André Fiqueiredo (PDT-CE), e as deputadas Joenia Wapichana (Rede-RR) e Sâmia Bomfim (PSOL-SP).

Amazonas

O caos sanitário e a tragédia humana vivida pelo Estado do Amazonas, principalmente pela capital Manaus, registrou apenas nos primeiros 12 dias de 2021, a marca de 2.221 internações em razão da Covid-19, sendo que a média móvel de mortes cresceu 183% apenas nos últimos 7 dias. Isso significa, portanto, mais de 219.000 pessoas infectadas e mais de 5.800 mortes.

O número de enterros na cidade de Manaus, apenas no último mês, aumentou 193%, chegando a 91% no dia 5 de janeiro de 2021, ao passo que registrou 31% no dia 6 de dezembro de 2020.

Esses números fizeram com que o Governo do Estado buscasse o recrutamento de 1.071 profissionais da área da saúde, além de aumentar exponencialmente a demanda por oxigênio hospitalar, que alcançou a marca de 76 mil metros cúbicos diários – o que não vem sendo suprido pelos fornecedores locais. Assim, falta oxigênio no estado do Amazonas, fazendo com que as pessoas simplesmente não tenham como respirar.

“Diante desse quadro, e considerando que a Comissão Representativa do Congresso Nacional tem por função precípua fazer o Parlamento presente nas principais questões nacionais, ainda que em períodos constitucionais de recesso, requeremos que a os membros da Comissão reúnam-se, imediatamente, para tratar das questões aqui delineadas”, diz um trecho do ofício.

Leia a íntegra do ofício:

Of convocacao CRCN – CD214441543100

Lorena Vale

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Nota da defesa sobre anulação dos processos de Moro contra Lula

Nota de Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins sobre a decisão do Ministro Eds…