Home Portal Notícias É preciso pautar o impeachment de Bolsonaro com urgência, afirmam petistas

É preciso pautar o impeachment de Bolsonaro com urgência, afirmam petistas

9 min read
0

O Brasil está em colapso principalmente pela negligência, falta de competência e incapacidade de governabilidade do presidente da República, Jair Bolsonaro. A pandemia da Covid-19 já matou mais de 207 mil brasileiros e o negacionismo do governo federal tem piorado a crise. O Amazonas, especialmente a capital Manaus, tem enfrentado um colapso no atendimento a pacientes com coronavírus, especialmente com a falta de oxigênio nos hospitais, que já provocou várias mortes.

Diante desse cenário o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já tem mais de 60 pedidos de abertura de processo de impeachment de Bolsonaro, por diversos crimes cometidos por ele e por integrantes do seu governo. Na última segunda-feira (11), parlamentares da Bancada do PT na Câmara protocolaram mais um pedido de impeachment de Bolsonaro na Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados.

Nesta sexta-feira (15), parlamentares da Bancada do PT na Câmara usaram suas redes sociais para pedir o fim do recesso da Casa, e que seja colocado em votação o Impeachment do presidente genocida.

“A ausência do presidente da República em Manaus apenas confirma e reforça que ele não sabe mesmo o que fazer para o bem do Brasil. Também revela que toda a política de omissão de Bolsonaro tem dado os resultados que ele espera. Chamemos pelo nome: genocídio. Impeachment, já”, afirmou o líder da bancada do PT na Câmara, deputado Enio Verri (PR). Ele ainda questionou “quantos mais vão precisar morrer? Precisamos parar o genocida. Impeachment de Bolsonaro Urgente”.

O ex-ministro da Educação Fernando Haddad também cobrou a abertura do processo contra o atual presidente. “É preciso abrir o placar do impeachment com o nome de todos os deputados federais e começar a pressão dos eleitores sobre cada um deles, por todos os meios. Sem isso, o afastamento não vai acontecer”.

“Basta! O que falta para o impeachment? Nosso silêncio está comprometendo vidas humanas”, escreveu o líder da Minoria na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE).

Para a deputado Bohn Gass (PT-RS), o governo federal não tem condições de resolver as crises que o Brasil enfrenta. “Congresso deve encerrar o recesso, já. E votar, com a máxima urgência o Impeachment de Bolsonaro e Mourão. Este governo já deu sobradas razões de que não consegue e não sabe como resolver as crises sanitária, econômica e social que precisam ser enfrentadas”.

Leia abaixo mais declarações dos parlamentares:

Henrique Fontana (PT-RS) – “Não há dúvidas que Bolsonaro cometeu vários crimes de responsabilidade que vão desde ataques à democracia até sua campanha pró-vírus. No impeachment de Bolsonaro meu voto é SIM”.

Nilto Tatto (PT-SP) – “Assassino; negacionismo; cadeia; Fora Pazuello e Impeachment de Bolsonaro são os assuntos mais comentados no Twitter na manhã desta sexta-feira. Parece que a rede social está mandando um recado para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, cujo nome também está nos TTs”.

Paulo Teixeira (PT-SP) – “Caso seja aberto um processo de impeachment do presidente da República, baseado nos crimes cometidos no tratamento da pandemia de Covid-19, eu voto sim”.

Rogério Correia (PT-MG) – “Toda solidariedade ao nosso povo do Amazonas e pela convocação imediata do Congresso para garantir socorro ao nosso povo, vacinação e debater o impeachment. Parabéns, deputado Zé Ricardo, e povo Venezuelano pela iniciativa e apoio! Convoquem o Congresso, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia”.

Alencar Santana (PT-SP) – “Bolsonaro incorre em mais uma causa para impeachment. Mesmo diante do estado de calamidade pública sanitária que vivemos, ele abandona o povo do Amazonas à própria sorte e não cumpre com a obrigação constitucional de amparar na área da Saúde um estado membro da federação”.

Natália Bonavides (PT-RN) – “Acho que a direita que controla o Congresso só abre processo de impeachment se acharem Bolsonaro do lado de um corpo com uma arma quente. Sangue nas mãos não faltam. Da gestão criminosa na pandemia até apologia a torturador, nada é suficiente. O absurdo e o abuso naturalizados”.

Helder Salomão (PT-ES) – “É desolador saber que tem pessoas morrendo por falta de oxigênio. Estou arrasado. Que tragédia, Brasil. O país precisa de alguém que olhe para os brasileiros. Bolsonaro precisa sair. #ForaBolsonaro”

Maria do Rosário (PT-RS) – “Quando acabou o oxigênio, todos os pacientes nas macas, foram agonizando”. Frase de familiar em hospital Manaus. Até quando o Bolsonaro ficará no poder? Quantos mais vão morrer? Impeachment JÁ”.

Odair Cunha (PT-MG) – “O Governo Federal é sim responsável pela tragédia que vemos em Manaus. Bolsonaro e sua gangue merecem mais do que um impeachment, merecem Haia!”.

Paulo Pimenta (PT-RS) – “Defender o impeachment é defender a vida dos brasileiros. Vamos juntos e juntas, construir a derrota deste governo genocida”.

Afonso Florence (PT-BA) – “Sem oxigênio, sem vacina, sem governo! Fora Bolsonaro!”.

Lorena Vale

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Dia da Mulher: a luta é diária, nunca acaba

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, é mais um dia de Luta das Mulheres. Dia de luta…