Home Portal Notícias Coronavirus Petistas criticam descaso do governo Bolsonaro ao suspender compra de seringas

Petistas criticam descaso do governo Bolsonaro ao suspender compra de seringas

13 min read
0

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara criticaram nesta quarta-feira (6), a declaração do presidente da República, Jair Bolsonaro, em seu perfil no Twitter, de que a compra de seringas para a vacinação contra a Covid-19 está suspensa “até que os preços voltem à normalidade”. Em mensagens também postadas no Twitter, os deputados petistas lembraram que a vida não tem preço, e que Bolsonaro usa a previsível alta de preços dos insumos em um momento de expansão da pandemia para justificar o descaso de seu governo a fim de garantir seringas para vacinar a população.

Para o líder do PT na Câmara, deputado Enio Verri (PR), a declaração de Bolsonaro é mais um crime de responsabilidade. “O presidente do Brasil, quando o País passa pela sua mais grave crise sanitária, decide suspender a compra seringas ‘até que os preços voltem à normalidade’. O que ainda mais falta para enquadrar Bolsonaro em flagrante crime de responsabilidade? Sádico, ele brinca com vidas”, apontou.

Já a presidenta do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), disse que a falta de seringas e agulhas faz parte de um plano deliberado contra o SUS e a vida da população. “Não é despreparo a falta de seringas e agulhas pra vacinação contra covid-19 no Brasil. É atitude deliberada do governo pra desmontar o SUS e não salvar vidas. Houve tempo pra comprar, não fizeram, agora querem suspender exportações. Isso custará vidas e a conta é sua Bolsonaro!”, acusou.

O deputado e ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT-SP) destacou: “A cada dia um passo para trás de Bolsonaro para que o povo brasileiro tenha acesso a vacina. Apesar de já termos aprovado na Câmara dos Deputados a obrigação da vacinação para todos, e a Suprema Corte estar cobrando um plano de vacinação do governo federal, Bolsonaro continua boicotando a vacinação dos brasileiros e brasileiras”, criticou.

O líder da Minoria na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), ressaltou que, além do descaso, a falta de insumos para vacinar a população também é fruto da incompetência do governo Bolsonaro no combate à pandemia. “Vamos falar a verdade! A questão não é o preço, mas a incompetência do Bolsonaro e sua turma, pois tiveram tempo para se planejar, tempo para fazer a compra das seringas, não fizeram, deixaram para cima da hora. Agora a desculpa da sua incompetência é o preço”, observou.

Para o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara (CDHM), deputado Helder Salomão (PT-ES), o descaso do governo em garantir seringas, e mesmo a vacina para imunizar a população brasileira, é um misto de desprezo pela vida, desumanidade e irresponsabilidade.

“Enquanto muitos países já vacinaram milhões de pessoas, o Brasil ainda está negociando a compra das vacinas e sequer comprou agulhas e seringas. É ou não é desprezo pela vida? É ou não é desumanidade? É ou não é irresponsabilidade do Bolsonaro?”, indagou.

Boicote à vacinação pública

Sobre a suspensão da compra de seringa por conta do preço, o deputado Airton Faleiro (PT-PA) levantou a suspeita de que a ação não seja apenas fruto da incompetência do governo Bolsonaro. Segundo ele, tudo pode ser parte de um planejamento para garantir lucro ao setor privado no momento em que ocorrer a vacinação.

“Eu quero que seja apenas incompetência. Mas as reiteradas patinadas de Bolsonaro para início da vacinação nos leva a cogitar se isso tudo não é de caso pensado. E para quê? Ora, boicotar um programa de imunização nacional gratuito, vai beneficiar diretamente laboratórios privados”, observou.

Já a deputada Natália Bonavides (PT-RN) observou que a desculpa para não comprar seringas por conta do alto preço não foi usada pelo governo ao adquirir insumos para fabricar a cloroquina no Brasil.

“Comprar seringa não pode, mas torrar milhões de dinheiro público comprando insumos de cloroquina, que não tem eficácia comprovada, pelo triplo do preço pode. Presidente genocida!”, disse.

E ao contrário do que ocorre no governo federal, o deputado Joseildo Ramos (PT-BA) escreveu que “enquanto Bolsonaro diz que não pode fazer nada e suspende a compra de seringas, o Governador da Bahia mostra como é que se trabalha”.

O parlamentar fez a afirmação ao citar um tuíte no qual o governador Rui Costa (PT) diz que “vidas humanas não têm preço” e informa que o estado já adquiriu 19,8 milhões de agulhas e seringas para vacinar a população “logo que a vacina esteja disponível”. “Estamos fazendo a nossa parte para assegurar a vacina. Cabe ao Governo Federal fazer a dela”, completou o governador da Bahia.

Veja outras declarações de parlamentares do PT sobre a afirmação de Bolsonaro em relação a compra de seringas:

Deputado Henrique Fontana (PT-RS) – “Depois do fracasso na compra de agulhas e seringas pelo Ministério da Saúde, Bolsonaro diz que vai aguardar os preços baixarem. Para o presidente, vidas não importam mesmo”.

Deputado Paulo Teixeira (PT-SP) – “Bolsonaro suspende a compra de seringas porque o preço está alto. Ele não percebeu que para vacinar teria que comprar seringa? Demorou e agora reclama do preço!”

Deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) – “O presidente deve acordar e pensar: “como eu posso boicotar ainda mais o enfrentamento à pandemia?” Não é possível tamanho descaso!”

Deputado Odair Cunha (PT-MG) – “Pelo jeito, Paulo Guedes não sabe nem o ABC da economia: a relação entre oferta e demanda”.

Deputado Paulo Pimenta (PT-RS) – “Alguém duvida que Bolsonaro é o maior aliado da Covid-19?”

Deputado Valmir Assunção (PT-BA) – “Bolsonaro suspende compra de seringas, alegando preço alto. O mesmo que comprou cloroquina superfaturada, remédio que não tem eficácia comprovada contra a Covid-19.  Bolsonaro está, na verdade, boicotando a vacina! É um genocida!”.

Deputada Maria do Rosário (PT-RS) – “Seringa tá cara? Caro é o preço pago todo dia por ter um incompetente e maligno na presidência durante a pandemia!”.

 

Héber Carvalho

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Petistas criticam projeto de Bolsonaro que privatiza os Correios e prometem lutar contra a aprovação da proposta

A ameaça de privatização dos Correios tem preocupado os parlamentares da Bancada do PT na …