Home Portal Notícias PT cobra processo no Conselho de Ética da Câmara contra deputado bolsonarista que ofendeu mulheres

PT cobra processo no Conselho de Ética da Câmara contra deputado bolsonarista que ofendeu mulheres

5 min read
0

O Partido dos Trabalhadores, juntamente com a bancada feminina do PT na Câmara, protocolou hoje (7) representação em que requer a abertura (7), no Conselho de Ética da Casa, de processo ético disciplinar contra o deputado federal bolsonarista Bibo Nunes (PSL-RS) por quebra de decoro parlamentar. Na representação, encaminhada ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o PT defende ser necessária a abertura do processo em decorrência da fala misógina do parlamentar feita semana passada, no Plenário, quando anunciou que chamaria as deputadas críticas ao capitão-presidente Jair Bolsonaro de “deputéricas”, numa alusão à histeria.

O deputado gaúcho é acusado de “ achincalhar as deputadas federais” e também de ofender todas as mulheres por elas representadas, “ desqualificando a firmeza de posição das mulheres como “histeria”
A ação é assinada pela presidenta do partido, deputada Gleisi Hoffmann (PR) e mais oito deputadas do PT: Benedita da Silva (RJ), Erika Kokay (DF), Luizianne Lins (CE), Margarida Salomão (MG), Maria do Rosário (RS), Marília Arraes (PE), Natália Bonavides (RN) e Professora Rosa Neide (MT).

Misoginia

As parlamenteares denunciam que Bibo foi e tem sido misógino, preconceituoso e sexista no exercício do seu mandato parlamentar, praticando crimes previstos no Código Penal Brasileiro (como injúria) e ainda desrespeitando a Constituição Federal, o Código de Ética e Decoro Parlamentar e o Regimento Interno da Câmara dos Deputados,

As parlamentares acusam o bolsonarista de reproduzir “uma linguagem misógina, marcada pela tentativa de exercer o controle sobre a forma com que as deputadas deveriam se expressar e legislar, adotando, inclusive, uma expressão machista e sexista, notadamente de cunho moral, que sempre foi usada, de forma estereotipada, para calar as vozes e oprimir as expressões de liberdade das mulheres.”

Elas observam que Bibo Nunes “frequentemente, faz comentários ou é apoiador de manifestações misóginas, jocosas e estereotipadas a respeito das mulheres”. O discurso do deputado foi imediatamente contestado na sessão da Câmara por vários parlamentares.

Manifestação de repúdio

As petistas observam que qualquer deputado que usar a tribuna para ofender ou praticar violência contra as mulheres deve ser responsabilizado com o rigor que as regras de conduta da Casa estabelecem. Lembram que na composição atual da Câmara são 77 deputadas, formando a maior bancada feminina da história nacional. “Mesmo longe de representar a paridade que almejamos, falam com firmeza e determinação, para serem ouvidas tanto nosso coletivo quanto as singularidades que as constitui”, afirmam.

No dia 4, a procuradora da Mulher, deputada Iracema Portella (PP-PI), e a coordenadora da bancada feminina, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), divulgaram, em nome da Secretaria da Mulher, nota de repúdio ao discurso de Bibo feito na véspera.

Leia a íntegra da representação:

RepConsEtica_BiboNunes_07dez

Leia mais

Deputadas do PT cobram da Câmara punição de bolsonarista Bibo Nunes por misoginia e quebra de ética parlamentar
https://ptnacamara.org.br/portal/2020/12/04/deputadas-do-pt-cobram-da-camara-punicao-de-bolsonarista-bibo-nunes-por-misoginia-e-quebra-de-etica-parlamentar/

 

PT na Câmara

(texto atualizado às 22h32)

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Lactantes pela Vacina: duas vidas salvas

Por Alexandre Padilha   No início do mês de maio soube pelas redes sociais do movimen…