Home Portal Notícias Movimentos farão ato político-cultural no Dia da Consciência Negra

Movimentos farão ato político-cultural no Dia da Consciência Negra

5 min read
0

Os ativistas se reunirão em frente à Fundação Palmares, onde também repudiarão o atual presidente racista do órgão, Sergio Camargo.

Diversos movimentos, entidades, coletivos e ativistas participam, nesta sexta-feira (20), às 10h, em frente à Fundação Cultural Palmares, do Ato Político-Cultural da Consciência Negra – Contra o Racismo e em Defesa das Nossas Vidas, da Nossa História. Na data em que é celebrado o Dia da Consciência Negra, serão prestadas homenagens a personalidades negras relevantes da história brasileira.

Os participantes também promoverão um ato de repúdio ao atual presidente da Fundação Palmares, Sergio Camargo Nascimento, que atacou reiteradas vezes representantes dos movimentos e já questionou o próprio Dia da Consciência Negra.

Uma das principais críticas é o fato de Sergio Camargo ter retirado da galeria de personalidades negras da Fundação Palmares nomes como Zumbi dos Palmares, Nelson Mandela, Luiz Gama, Marina Silva, da deputada federal Benedita da Silva e Carolina Maria de Jesus. Segundo ele, em 1º de dezembro entrará em vigor a Portaria nº 189, que trará a lista de todas as exclusões, bem como “as novas personalidades negras” a serem incluídas na galeria.

Convocam e assinam o Ato:

– Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Povos Tradicionais de Matriz Africana;
– Frente de Mulheres Negras do DF e Entorno;
– Grupo Cultural Àsé Dúdú;
– Ile Axé Oya Bagan;
– Sindicato dos Bancários de Brasília;
– FENUCAB -Federação Nacional de Umbanda e Cultos Afro Brasileiros;
– CENTRO de Candomble Reino de Mamãe Oxum;
– OEAB – Ordem das Entidades Afro Brasileira;
– Tribuna Afro Brasileira;
– URI – Iniciativa das Religiões Unidas;
– Ordem Iniciática do Cruzeiro Divino no DF – OICD-DF;
– C C Caminhos da Terra – Goiânia;
– Grupo Cultural Sensação Paraense;
– MNU – Movimento Negro Unificado;
– Coletivo Cultural Sambadeiras de Bimba Filhas de Biloca;
– Côrte da Planta Myllejy;
– Coletivo Mulheres de Axé do DF e Entorno;
– Ilê Axé Ofá de Prata;
– Ilê Axé Xaxará de Prata – DF;
-Sindicato dos Professores do Distrito Federal / Sinpro;
– Movimento Cultural SuperNova;
– Comitê Goiano de Direitos Humanos Dom Tomás Balduino;
– NEPT-DF;
– Aliança de Negras e Negros Evangélicos do Brasil – ANNEB;
– Movimento Social de Mulheres Evangélicas do Brasil;
– Coletivo de Mulheres das Organizações Religiosas do Distrito Federal (COMOR-DF);
– Partido dos Trabalhadores do DF;
– LBL liga Brasileira de Lésbica;
– Abassá de Iansã – Sobradinho DF;
Erika Kokay – deputada federal PT-DF;
– Fábio Félix – deputado distrital Psol;
– Chico Vigilante – deputado distrital PT;
– Arlete Sampaio – deputado distrital PT;
– Lidice da Mata – deputada federal e presidente do PSB-BA;
– David Miranda, deputado federal PSOL-RJ;
– Talíria Petrone (PSOL-RJ) – Presidente da Frente Parlamentar com Participação Popular Feminista e Antirracista.
– Benedita da Silva, Deputada Federal (PT-RJ), Coordenadora da
Frente Parlamentar Mista Brasil-África com Participação Popular de Enfrentamento ao Racismo;

Serviço:

Ato Político-Cultural da Consciência Negra – Contra o Racismo e em Defesa das Nossas Vidas, da Nossa História.
Sexta-feira, 20 de novembro, às 10h.
Em frente à Fundação Cultural Palmares (SCS, Quadra 02), Ed. Toufic.

Contatos: Maíra Lima (61) 99921-2268 e Mansur (61) 99813-0713

Assessoria de Comunicação

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bolsonaro mente ao dizer que nada pode fazer se salário mínimo está baixo

Em mais um desatino mostrando que nada entende de economia, o presidente da República, Jai…