Home Portal Notícias Petistas cobram do STF julgamento imediato da suspeição de Moro no processo que condenou Lula

Petistas cobram do STF julgamento imediato da suspeição de Moro no processo que condenou Lula

6 min read
0

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara cobraram do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (13), a inclusão na pauta de votação da Corte do julgamento do Habeas Corpus (HC) que pede a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro na condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na ação, a defesa de Lula elenca uma série de fatos que comprovam a parcialidade do então juiz Sérgio Moro e o acusa de agir com motivação política ao condenar o ex-presidente.

Para o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), o processo de condenação de Lula é mancha na Justiça brasileira, e que só pode ser restaurado com o acolhimento do HC pelo STF. “O Moro manchou a Justiça brasileira. E para tirar essa nódoa que ele deixou no julgamento do Lula, ao utilizar a justiça como instrumento político partidário, a Suprema Corte precisa analisar essa suspeição de Sérgio Moro e anular a condenação do Lula no processo julgado por ele”, destacou.

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) ressaltou que a defesa de Lula já demonstrou que Moro agiu politicamente ao condenar o ex-presidente. Entre essas provas, o parlamentar gaúcho citou os diálogos vazados pelo site The Intercept Brasil, nos quais Moro e Deltan Dallagnol (então procurador chefe da Lava Jato) tramavam contra Lula. Ainda sobre a suspeição de Moro, Pimenta relembrou que o ex-juiz atuou para eleger Bolsonaro ao vazar a delação do ex-ministro Antônio Palocci – as vésperas da eleição –  e que logo após o pleito, Moro foi convidado oficialmente para assumir o Ministério da Justiça do presidente eleito Jair Bolsonaro.

“Esses fatos só reforçam que Lula não teve direito a um julgamento justo. Somente com o acolhimento desse HC pode ser restabelecido o devido processo legal no País e o direito de um cidadão, no caso o Lula, de ter um julgamento justo, algo que ele nunca teve”, afirmou Pimenta.

Outros parlamentares do PT também cobraram do STF o julgamento imediato da suspeição de Sérgio Moro e a consequente anulação da condenação do ex-presidente Lula:

Deputado Helder Salomão (PT-ES), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara (CDHM) – “Não faz mais sentido manter as condenações de Lula, está mais que provado que Sérgio Moro agiu como militante político. Falta o STF declarar a suspeição do ex-juiz, anular os processos e garantir os direitos políticos de Lula de volta. #AnulaSTF”.

Deputado Nilto Tatto (PT-SP) – “O processo e o julgamento de Lula, estão eivados de ilegalidades. O juiz foi totalmente parcial, atuou como auxiliar da acusação. Não há provas, há meras versões fantasiosas de promotores metidos à celebridade. #AnulaSTF”.

Deputado Odair Cunha (PT-MG) – “Dia 13 é dia de dizer: Lula é inocente! #AnulaSTF”

Deputado Rogério Correia (PT-MG) – “Cada dia fica mais claro a inocência do presidente Lula. E fica claro que o Brasil vive sob a égide de um golpe, que destituiu uma presidenta honesta, que não cometeu crime algum, e que prendeu o presidente mais popular da história do Brasil para que ele não disputasse as eleições. E quem comandou isso foi o Sérgio Moro”.

 

Héber Carvalho

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bolsonaro realiza a profecia do desastre anunciado por todos: desemprego vai a 14,6% no Brasil

O ano de 2020 tem tudo para ser lembrado como o pior da história do País. Dezembro nem com…