Home Portal Notícias 137 mil óbitos: Brasil não manteve queda de mortes e casos da covid-19

137 mil óbitos: Brasil não manteve queda de mortes e casos da covid-19

5 min read
0

O total de mortes por causa da covid-19 no Brasil chegou a 137.272 nesta segunda-feira (21), de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Os números consolidados da semana que se encerrou em 19/9 indicam que o país não conseguiu sustentar a queda que vinha sendo observada nos últimos períodos. Há um mês, o registro de óbitos por causa da doença seguia desacelerando. A soma da segunda semana de setembro, no entanto, mostra reversão no cenário. Foram 5.322 mortes, quase 200 a mais que na semana anterior.

Com aumento de infectados em pelo menos 15 unidades da federação, os números de pacientes confirmados também voltaram a acelerar. Foram 221.553 na semana passada, após uma queda de 30% no período anterior. O total de pessoas contaminadas pela covid-19 no Brasil desde o primeiro registro da doença é de 4.558.0687. Somente nas 24 horas entre domingo (20) e segunda-feira (21), 13.439 novos casos foram relatados.

Apenas o Sul do país não teve estados com registros mais expressivos. No Norte, houve alta de casos no Acre, no Amazonas e em Roraima. No Nordeste, o aumento de semanal foi percebido no Maranhão, na Bahia, em Alagoas, em Pernambuco, na Paraíba, no Rio Grande do Norte e no Ceará. Já na região Centro-Oeste, Distrito Federal e Goiás tiveram mais casos que na semana anterior. No Sudeste, o cenário foi registrado em São Paulo, Rio de Janeiro e No Espírito Santo.

Os resultados coincidem com os períodos em que o Brasil vem registrando a sequência mais baixa nos índices mais baixos de isolamento desde o início da pandemia. Segundo a empresa de tecnologia e localização Inloco, que mede o dado, desde a primeira semana de setembro o percentual gira entre 45% e 34%.

O que é o novo coronavírus?

Trata-se de uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Por Brasil de Fato

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT aciona MPF para averiguação das ações da Anvisa relacionadas à vacina

Parlamentares do PT na Câmara e no Senado acionaram o Ministério Público Federal (MPF) par…