Home Portal Notícias Parlamentares repercutem prisão de Steve Bannon, “guru” de Trump e do clã Bolsonaro

Parlamentares repercutem prisão de Steve Bannon, “guru” de Trump e do clã Bolsonaro

10 min read
0

Steve Bannon, ex-conselheiro de Donald Trump e uma das pessoas de maior influência sobre o governo de extrema direita de Jair Bolsonaro no Brasil, foi preso e indiciado, nesta quinta-feira (20), juntamente com outras três pessoas, nos Estados Unidos por lavagem de dinheiro e fraude.

Ele é acusado de participar de um esquema de arrecadação de fundos para a campanha “We Build the Wall campaign” – “Nós Construímos o Muro”, em tradução livre -, que teria arrecadado 25 bilhões de dólares para construção do muro na fronteira entre EUA e México, informou o Departamento de Justiça americano.

“O guru internacional de Bolsonaro, Steve Bannon, foi preso por suspeita de lavar dinheiro com uma campanha fraudulenta para construir um muro entre os EUA e o México”, escreveu o líder da Bancada do PT na Câmara, Enio Verri (PR), em suas redes sociais.

Para o ex-presidente Lula a prisão de Bonnan é importante para a democracia. “A prisão do Bannon é importante pra democracia. Outro dia vi um levantamento de que o Trump mente 11 vezes por dia. O Bannon é um fomentador de guerras. Merece ser tirado da política porque ele representa o mal.”

O deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) afirmou que a desinformação é usada para influenciar as democracias. “Steve Bannon, ex-articulador de Trump e guru da estratégia bolsonarista é preso por suspeita de fraude. A desinformação é uma poderosa arma usada para influir em democracias pelo mundo. Por aqui, as Fake News foram decisivas para eleger Bolsonaro”.

“Trump se elege prometendo construir um muro na divisa com o México. Trump é assessorado por Steve Bannon. Steve Bannon é preso por DESVIAR RECURSOS da construção do muro com o México. Pergunta: vocês se lembram quem segue a cartilha Bannon no Brasil?”, questiona a deputada Margarida Salomão (PT-MG).

Para o deputado Alencar Santana (PT-SP) a extrema-direita reúne tudo de pior no mundo. “Steve Bannon, amigo e consultor da família Bolsonaro, foi preso por fraude envolvendo um esquema de US$ 25 milhões (R$ 141 milhões). A extrema-direita reúne tudo de pior que a humanidade produziu. E os milicianos aqui seguem no Palácio”.

“Steve Bannon, o estrategista de Trump, guru da extrema-direita e ídolo da família Bolsonaro, acaba de ser preso acusado de desviar dinheiro de campanha. Dinheiro doado para cumprir a promessa mais imbecil: construir um muro entre a fronteira México x EUA”, apontou o deputado Zeca Dirceu (PT-PR).

Casa caindo

“Steve Bannon, rei mundial das Fake News, preso pela Justiça dos EUA. Fraude milionária em campanha para arrecadar dinheiro. Ele é guru do bolsonarismo e já esteve várias vezes com o próprio Jair e seus filhos. Que a casa caia. O Brasil e o mundo agradecem”, assegurou o deputado Rogério Correia (PT-MG).

A deputada Professora Rosa Neide (PT-MT) disse que a casa está caindo. “A casa caindo: O estrategista da extrema direita e de Trump, Steve Bannon foi preso nos EUA acusado de fraude por desvios de dinheiro das doações para a construção do muro entre os EUA e o México. Tem uma “familícia” que não vai conseguir dormir hoje.”

Anula STF

Para o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) a prisão de Bannon é mais um motivo para que as eleições de 2018 seja anulada. “Steve Bannon, ideólogo de Bolsonaro, foi preso por fraude nos EUA. Mais uma razão para anular as eleições de 2018 no Brasil. Anula STF!”.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) também pediu que o Tribunal Superior Eleitoral e o Supremo Tribunal Federal fiquem de olho. “Steve Banon preso por fraude? Onde? No Brasil, também! Atenção, TSE e STF: o fio da meada da fraude 2018 no Brasil está ligado a esse sujeito. Bolsonaro e seus filhos são produto de crimes virtuais”.

Leia abaixo mais mensagens de parlamentares do PT (postadas no Twitter):

Erika Kokay (DF) – “Urgente. Steve Bannon, ex-estrategista chefe de Trump e um dos responsáveis por sua vitória nas eleições de 2016, é preso sob acusação de fraude em campanha de construção de um muro entre EUA e o México. Bannon também é conselheiro da família Bolsonaro. Típico “cidadão de bem.”

Waldenor Pereira (BA) – “Steve Bannon na cadeia! O ex-estrategista-chefe de Trump é acusado de desviar parte do dinheiro das doações feitas para a construção do muro na fronteira entre os EUA e México.”

Joseildo Ramos (BA) – “Faltando 2 meses e meio p/ a eleição, um dos responsáveis pela vitória de Trump em 2016 é preso por fraude. A campanha de arrecadação para a construção do muro entre EUA e México levantou US$ 25 mi, mas ao menos US$ 1 mi teria vindo para o próprio Bannon.”

Nilto Tatto (SP) – “Mais informações sobre a prisão de Steve Bannon, consultor da campanha de Trump e de outros extremistas de direita ao redor do mundo, dizem também, de Jair Bolsonaro. Mais um ídolo de Eduardo Bananinha atrás das grades.”

Bohn Gass (RS) – “O guru de Trump, o amigo do Olavo e o homem a quem Bolsonaro recorreu na sua campanha suja, está PRESO!”.

Paulão (BA) – “Mais um bandido amigo da família Bolsonaro é preso. Dessa vez foi um miliciano internacional – Steve Bannon. Além de amigo, era conselheiro do número 03. Mas, no Brasil os milicianos continuam soltos.”

Saiba quem é Steve Bannon e entenda sua ligação com o clã Bolsonaro

Lorena Vale com Agências

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Leo de Brito cobra explicações de Ricardo Salles e Mourão sobre aumento do desmatamento na Amazônia

O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) protocolou nesta terça-feira (1º) requerimento de …