Home Portal Notícias Coronavirus Alexandre Padilha quer ouvir CBF, clubes, atletas e especialistas sobre o retorno do futebol no Brasil

Alexandre Padilha quer ouvir CBF, clubes, atletas e especialistas sobre o retorno do futebol no Brasil

3 min read
0

O ex-ministro da saúde, deputado Alexandre Padilha (PT-SP), apresentou um requerimento na Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19 no Brasil da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (12), para realização de audiência pública por teleconferência para debater o retorno aos jogos de futebol no Brasil, protocolos de segurança adotados pela CBF, Clubes e a proteção da saúde e da vida dos atletas, funcionários dos clubes, árbitros e demais envolvidos na realização dos jogos.

“O Brasil sempre foi reconhecido por um futebol contagiante. Mas os dados da primeira rodada já deixaram claro que o que é contagiante é o atual protocolo da Covid-19 dos times ou o seu não cumprimento. Aí está a verdadeira balbúrdia e ela não pode transformar o outrora melhor futebol do mundo no mais infectante do mundo”, afirmou o parlamentar.

Em apenas quatro dias, o Campeonato Brasileiro já tem 40 casos de Covid-19 entre atletas. No último domingo (9), o jogo entre o São Paulo e o Goiás foi suspenso faltando poucos minutos para o início do jogo, porque dez jogadores do time goiano testaram positivo para o novo coronavírus, sendo oito titulares.

Muitos erros

O ex-ministro da saúde quer entender o motivo de tantos erros nesse início à volta do esporte, quais protocolos são seguidos, quem orienta esses protocolos, como são feitos os testes, quais os riscos à saúde e à vida dos atletas e demais profissionais envolvidos neste retorno e, por fim, em que medida o fator econômico pode ter tido preponderância sobre a vida e a saúde.

“Pretendo ouvir presidentes de clubes, profissionais da saúde da CBF, dirigentes da CBF e dos clubes, atletas e jornalistas especializados para que esta Comissão Externa possa traçar um panorama completo deste retorno e compreender em que medida a volta do futebol não agrava ainda mais o já profundo abismo em que o Brasil se meteu no enfrentamento da pandemia”, justificou Padilha.

Lorena Vale

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Outro Brasil é possível, diz Lula. Um país com emprego, sem o fantasma da fome e com mais saúde e renda para o povo

No país de Bolsonaro e Paulo Guedes, onde a desigualdade está crescendo e a miséria se apr…