Home Portal Notícias Câmara homenageia deputado Assis Carvalho, e Bancada do PT propõe lei com o seu nome

Câmara homenageia deputado Assis Carvalho, e Bancada do PT propõe lei com o seu nome

17 min read
0

Parlamentares do PT e de vários partidos relembraram a trajetória de luta do deputado Assis Carvalho (PT-PI), na sessão virtual nesta terça-feira (7), a primeira realizada depois da sua morte repentina no último domingo (5). O líder do PT, deputado Enio Verri (PR) pediu um minuto de silêncio e afirmou que a bancada não será a mesma, sem a presença do deputado. “A Câmara vai sentir falta dessa pessoa que ajuda, que constrói, que negocia, que briga, como é próprio do Parlamento. Assis deixa uma história de luta pela democracia, pelo Estado de Direito e pela justiça social. Por isso, deixo o meu grito bem alto: Assis Carvalho presente, agora e sempre!”.

O líder, em nome do PT, agradeceu a todos os parlamentares que se solidarizaram com a bancada e com a família e amigos do deputado Assis Carvalho. “As manifestações de carinho aqui expressas demonstram essa clareza de que o nosso companheiro vai fazer falta. “O Piauí perdeu, Oeiras perdeu um grande líder político, mas o Brasil perdeu um grande companheiro que não tinha dúvida de que lado ele estava: o da classe trabalhadora, dos mais pobres, e ele não economizava palavras para dizer isso”, frisou.

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), também manifestou seu pesar pela morte do deputado Assis Carvalho. “Assis era um grande amigo, da Mesa Diretora aqui conosco, sempre pronto para ajudar, participar, dar as suas ideais. É uma grande perda para todos nós, para o Piauí e para o Brasil”, afirmou.

Lei Assis Carvalho

O deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), ao registrar o luto pela perda do amigo, destacou que Assis tinha uma capacidade de luta, “uma determinação invejável e uma doçura, fruto da sabedoria de quem já enfrentou tudo aquilo que a vida nos impõe. Quero registrar que Assis, invariavelmente, nas nossas reuniões e provavelmente na reunião da bancada do Nordeste, era constante em defender o seu Piauí, no que ele estava rigorosamente certo”, afirmou. Chinaglia antecipou ainda a intenção da Bancada do PT em homenagear Assis Carvalho. “Peço o apoio de todos os parlamentares para que uma lei que protege os pequenos produtores rurais tenha o nome de ‘Lei Assis Carvalho’. É uma homenagem singela diante do que ele representa, mas nós estamos pedindo esse apoio”, reforçou.

A deputada Erika Kokay (PT-DF) afirmou que Assis Carvalho vai fazer muita falta. “Dói muito, dói em cada um e cada uma de nós que tivemos a oportunidade de conviver com ele. Assis Carvalho carregava uma graciosidade com as pessoas, uma generosidade com as pessoas, uma capacidade de nos acolher, de nos acarinhar, e uma firmeza muito grande na sua trajetória pessoal e na sua paixão pelo povo brasileiro, pelo povo do Piauí”. Ela se somou ao deputado Chinaglia na defesa da aprovação do projeto da agricultura familiar, com o nome de Lei Assis Carvalho. “É a homenagem que esta Casa presta para este grande homem que esteve e ainda está, com seus exemplos e com as lembranças que temos dele, no nosso cotidiano”, argumentou.

E a deputada Angela Amim (PP-SC) também sugeriu como homenagem a Assis Carvalho a aprovação do projeto de lei (PL 251/19), de autoria do petista. “Eu fui relatora desse projeto na Comissão de Ciência e Tecnologia e na Comissão de Constituição e Justiça. O projeto trata da liberdade do pesquisador das universidades ou institutos na busca de soluções para a área da saúde. Eu lembro muito bem a emoção do deputado Assis na defesa desse projeto. Então, eu gostaria de dizer que a homenagem maior que nós poderíamos dar é aprovar esse projeto e dar a ele o nome de Assis Carvalho, pela emoção, pela briga positiva, como profissional da área da saúde, na busca da aprovação da proposta”, argumentou.

Na avaliação do deputado Bohn Gass (PT-RS), a melhor homenagem que se poderia fazer ao Assis Carvalho é lutar como ele lutava pela democracia e pelas denúncias das irregularidades e injustiças, as quais ele denunciava. “Aqui eu quero me somar exatamente nessa tarefa do Assis Carvalho que vai ficar presente em todos nós”, completou.

Comoção

Para o deputado Rubens Otoni (PT-GO) o momento é de grande comoção. “A perda do companheiro Assis, companheiro, amigo, enche-nos de emoção. Aqui, quero expressar o nosso sentimento sincero de solidariedade a toda a família, aos amigos mais próximos, ao seu querido Piauí, à sua querida comunidade de Oeiras”. Otoni contou que esteve com Assis na semana passada, participando de um debate sobre os rumos da educação no País em tempos de pandemia. “Falamos a todo o País, e o Assis estava animado, disposto, sempre muito lúcido e ponderado nas suas colocações, e hoje ele não está mais aqui no nosso meio”, contou, sem esconder a sua tristeza.

Rubens Otoni defendeu como homenagem ao deputado Assis, a perpetuação dos seus ideais, dos seus compromissos de vida. “Você estará sempre conosco. Você estará presente na nossa caminhada, na nossa luta por uma educação digna, educação pública, gratuita, de qualidade, uma luta que você sempre ombreou na defesa de um Fundeb de verdade”, enfatizou.

A deputada Professora Rosa Neide (PT-MT) enfatizou que, além do parlamentar brilhante que Assis sempre foi, “nós, da nossa bancada, e muitos dos senhores e das senhoras, perdemos um amigo, uma pessoa forte, determinada, que se entregava na luta”. Ela não escondeu sua tristeza e a sua dificuldade, nesta primeira sessão sem a presença do deputado piauiense. “Hoje, para mim, o dia não é fácil. Espero que seu legado de cidadão honrado seja para nós referência de toda uma vida parlamentar”.

O deputado Padre João (PT-MG) ao manifestar seu pesar e solidariedade à família do deputado Assis, destacou que o petista fez parte da Mesa Diretora da Câmara, representando a bancada. “A ele a minha homenagem e a minha certeza de que foi uma pessoa que dedicou a vida à sua família, aos mais pobres, aos agricultores. Fez da política e do poder do mandato uma forma de servir — servir a quem mais precisa. Sempre teve sensibilidade para perceber a necessidade dos outros, como o acesso à água, à moradia, ao crédito, a toda assistência necessária. Esse foi o grande companheiro Assis Carvalho, que honrou a política, honrou o Partido dos Trabalhadores, honrou toda a nossa bancada”, afirmou.

Brilhantismo

O deputado Joseildo Ramos (PT-BA) destacou o brilhantismo do deputado Assis, que tinha na política uma ferramenta importante para ajudar e melhorar a vida do povo nordestino, principalmente a do povo do Piauí. “Gostaria de mandar um abraço afetuoso e de solidariedade a todos os seus. Ele fará falta entre nós, não apenas como amigo, como companheiro, mas também pelas lições e pelas suas atitudes”.

O deputado Paulão (PT-AL) afirmou que a partida precoce de Assis deixa uma lacuna “como amigo sem dúvida alguma não só no PT, na bancada. Além desta, também ficaram consternados a Câmara Federal, o povo do Piauí e os vários parlamentares desta Casa pela sua capacidade de diplomacia, sua capacidade de defender principalmente as grandes causas, focando principalmente na população mais pobre. Então, fica a nossa solidariedade à família”.

O deputado Pedro Uczai (PT-SC) afirmou que o povo do Piauí, o povo brasileiro perde uma grande liderança. E o deputado José Airton Cirilo (PT-CE) destacou que teve o privilégio de conviver de perto e construir uma relação de irmandade e amizade muito grande com o deputado Assis. “Ele era um companheiro extremamente valoroso, combativo, um amante de sua cidade. Eu quero aqui prestar esta minha homenagem a cada um dos seus amigos, familiares e a todos que o conheceram durante sua trajetória de vida”.

“Eu quero manifestar a minha solidariedade à família do deputado Assis Carvalho, um grande companheiro, um brilhante companheiro, que defendeu o seu estado, o Piauí, a sua cidade natal, e que orgulha todos nós que estamos exercendo a vida pública, em especial o nosso partido. Nós estaremos aqui continuando a sua luta, honrando a sua memória a favor dos mais pobres, de um País sem preconceito”, afirmou o deputado Reginaldo Lopes (PT-MG).

O deputado Rogério Correia (PT-MG) afirmou que foi uma perda muito grande para a nossa Câmara e para o Piauí. “Assis era um homem solidário, humano. É muito triste perdê-lo com um fato tão imponderável de um ataque cardíaco fulminante”. E o deputado Zeca Dirceu (PT-PR) completou: “Perdemos um grande amigo”.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) se somou às manifestações de solidariedade à família do deputado Assis Carvalho. “E, ao mesmo tempo, quero expressar minha profunda tristeza pela perda desse companheiro que, durante muitos anos, foi da mesma Comissão que eu. Nós lutamos muito pela saúde pública no Brasil, pelo SUS, pela democracia”, lembrou.

Também manifestaram pesar e solidariedade os deputados Lídice da Mata (PSB-BA), Fábio Trad (PSD-MS), Pompeu de Matos (PDT-RS), Perpetua Almeida (PCdoB-AC), Alessandro Molon (PSB-RJ), Edmilson Rodrigues (PSOL-PA), Alice Portugal (PCdoB-BA), Bibo Nunes (PSL-RS), Flávio Nogueira (PDT-PI) e Ivan Valente (PSOL-SP).

Vânia Rodrigues

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Parlamentares defendem criação de grupo de trabalho para elaborar agenda legislativa contra o racismo e a violência

Vinte e um deputados assinam o requerimento (REQ 2028/2020) em que pedem a criação de grup…