Home Portal Notícias Manchetes Gleisi cobra investigação de atentados ao PT

Gleisi cobra investigação de atentados ao PT

4 min read
0

Escritório da legenda em Goiânia foi alvo de ataques e Presidenta do partido quer apuração do caso. No fim de semana, a casa da presidenta do diretório municipal do partido em Nuporanga, no interior de São Paulo, também esteve na mira de suspeitos. “Há algo de grave quando a oposição se torna vítima da violência”, denuncia.

Deputada federal e presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR) denunciou nesta quarta-feira, 1º de julho, que o fascismo está recorrendo à violência para intimidar a oposição e tentar calar os críticos ao presidente Jair Bolsonaro. Ela lamentou que a Sede do Diretório Municipal do PT em Goiânia (GO), tenha sido alvo de vandalismo, nesta manhã. Houve uma tentativa de incêndio na sede do partido na capital goiana. A direção da legenda registrou boletim de ocorrência e aguarda investigação do caso.

Gleisi estranha que o episódio tenha ocorrido poucos dias depois de outro episódio grave, ocorrido na cidade de Nuporanga, no interior de São Paulo. A casa da presidenta do PT no município, a professora Mariene Guito, foi alvo de ataques sofridos na madrugada de domingo com bombas lançadas por mascarados. O PT também exigiu apuração rigorosa e há suspeita do envolvimento de policiais militares.

“Essa prática da intimidação pela violência é intolerável”, criticou Gleisi. Ela lembrou que a sede do PT em Goiânia já havia sido alvo de atentados na madrugada em março de 2016. E, também naquela ocasião, ocorreu uma tentativa de incêndio. O caso não chegou também à nenhum responsável.

“Há uma escalada fascista no Brasil”, adverte a presidenta do PT, listando o último episódio em que radicais de extrema direita romperam o pacto de civilidade e do tolerável e promoveram um ataque à sede do Supremo Tribunal Federal há duas semanas. “É preocupante que estejamos naturalizando o uso da violência física para intimidar a oposição”, criticou.

“Reitero o que disse há poucos dias. A violência política tem de ser repudiada e punida. O PT tem sido um alvo recorrente de ataques. Já fizeram um atentado com tiros à caravana de Lula em 2018. Depois, jogaram uma bomba na sede do Instituto Lula em São Paulo. Na última campanha presidencial, atacaram a comitiva de Fernando Haddad. Isso precisa parar”, denuncia Gleisi.

PT Nacional

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Editorial do Jornal Nacional contra Bolsonaro está atrasado em algumas décadas, critica Alencar Santana

A edição do último sábado (8) do Jornal Nacional incluiu um duro editorial que condena a p…