Home Portal Notícias Nilto Tatto: ministro da Justiça precisa explicar ações da Funai sobre demarcação de terras indígenas

Nilto Tatto: ministro da Justiça precisa explicar ações da Funai sobre demarcação de terras indígenas

3 min read
0

O deputado federal Nilto Tatto (PT-SP) protocolou requerimento de convocação ao Plenário da Câmara dos Deputados, do ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Luiz Mendonça, para explicar aos parlamentares as ações da Funai em defesa dos povos indígenas, em especial no que se refere aos processos de demarcações de terras indígenas.

Foto: Gustavo Bezerra/Arquivo

O pedido surgiu a partir de reportagem do jornal Valor Econômico, que denuncia que o governo Bolsonaro quer acelerar a implementação de novas regras para os processos de demarcação de terras indígenas, tornando-os mais difíceis. Segundo o jornal, a iniciativa é uma das prioridades de Mendonça e está sendo articulada pelo presidente da Funai, Marcelo Augusto Xavier.

Atender ruralistas

Para o deputado Nilto Tatto, essa é mais uma medida que visa a atender os ruralistas com interesses econômicos na exploração das terras onde vivem os povos indígenas. “Nos últimos meses os ataques aos povos indígenas se intensificaram em diversos estados do nosso País, com apoio do governo Bolsonaro. São demarcações paralisadas, tentativa de permitir a mineração em terras indígenas, invasões de terras indígenas patrocinadas por bolsonaristas, o desmatamento – que pelas análises de satélite avançam nestas terras -, ataques armados em áreas indígenas sem fiscalização alguma da PF e, agora, essa tentativa de cercear os direitos dos indígenas. O ministro precisa explicar a quem está servindo ao apoiar tantos retrocessos”, adianta o deputado.

Nove parlamentares assinam o requerimento junto com o deputado Tatto, sendo oito deles do PT (Airton Faleiro, Célio Moura, João Daniel, Helder Salomão, Marcon, Patrus Ananias, Rosa Neide e Valmir Assunção), e Joenia Wapichana, da Rede. O pedido será analisado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Assessoria de Comunicação

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Câmara aprova destaque do PT e derruba vetos presidenciais; itens ainda serão apreciados pelo Senado

Por acordo de líderes, a Câmara aprovou, nesta quarta-feira (12), por 440 votos a 1, o des…