Home Portal Notícias Coronavirus Paulão cobra mais recursos para combater o coronavírus

Paulão cobra mais recursos para combater o coronavírus

9 min read
0

O deputado Paulão (PT-AL) cobrou nesta quinta-feira (12), da tribuna da Câmara, que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, apresente com rapidez o plano de trabalho para conter uma pandemia do coronavírus que está chegando ao Brasil. “É preciso que ele diga quais são as articulações que ele tem que fazer com os secretários estaduais e municipais de Saúde. Na minha concepção, deveria haver uma reunião extraordinária, convocada pelo ministro, colocando toda essa rede de secretários, universidades com seus hospitais universitários para apresentar um plano de ação para a sociedade”, sugeriu.

Na avaliação do deputado Paulão, ainda mais importante do que o plano de ação, é garantir no orçamento recursos para o combate ao coronavírus. “Digo isso porque esta Casa também está paralisada devido à peça orçamentária e aos projetos de lei que Bolsonaro enviou regulamentando o Orçamento impositivo. O presidente fica tentando tirar seu corpo quando foi ele que teve a iniciativa de apresentar o orçamento, que é uma peça inicial do Poder Executivo, acordada pelos poderes”, explicou.

Crise econômica

O deputado fez ainda uma análise sobre a crise econômica que o País atravessa. “Infelizmente, o que a gente percebe é que o presidente Bolsonaro é um desastre, ele e a sua equipe econômica, o seu ministro Paulo Guedes (Economia)”, lamentou. Paulão destaca a crise das bolsas de valores no plano internacional e a fuga de capitais, que está acima de R$ 40 bilhões. “Esse segmento – sistema financeiro – que apoiou de forma forte o presidente Bolsonaro, hoje verifica que ele não dá resposta, nem ele nem o seu Posto Ipiranga (Paulo Guedes)”, enfatizou o deputado, acrescentando que já foi feita a Reforma da Previdência, e que agora apontam como solução a Reforma Administrativa.

O parlamentar do PT de Alagoas criticou ainda o plano do governo Bolsonaro para privatização das estatais brasileiras, que tem um papel estratégico na soberania nacional. “A sorte desse governo é que o presidente Lula teve capacidade, com a presidenta Dilma, e deixou uma reserva acima de R$ 340 bilhões. É esse dinheiro que está sendo usado agora para combater a especulação do dólar. E eles diziam que o mal do Brasil era o Partido dos Trabalhadores”, ironizou.

Paulão destacou também a falta de investimento do governo Bolsonaro em programas fundamentais para a população de baixa renda, como o Minha Casa Minha Vida, que foi praticamente desativado. “Assim também como foi desativada a transposição do Rio São Francisco, que tem um papel hídrico estratégico. Obras no local em que foi colocado o trecho hoje estão paralisadas por falta de pagamento de energia”, denunciou.

Pronaf

O deputado citou ainda que há um desmonte na área da agricultura familiar, como o financiamento do Pronaf, que foi fundamental para a agricultura familiar; a desativação do Programa de Cisternas, Primeira e Segunda Água. “Falta também investimento na educação. Bolsonaro e sua equipe, como o ministro da Educação, têm como inimigos as universidades federais. Ele está garroteando e tirando recursos, quebrando a pesquisa, que tem um papel estratégico no mundo. O Brasil está sendo desmontado ao tirarem as bolsas do CNPQ e da Capes. Enfim, há um verdadeiro desmonte no cotidiano”, desabafou.

PT tem propostas

E o resultado disso, concluiu Paulão, é a economia parada. “Os pequenos e os médios empresários, principalmente no setor de vendas, estão fechados porque não há consumidores. Essa é a realidade no Nordeste, mas não é diferente nas outras regiões”, frisou. Mas, segundo Paulão, não se pode ficar somente no diagnóstico do processo, por isso, o Partido dos Trabalhadores apresentou propostas concretas para tirar o País da crise. Ele ainda defendeu a aprovação da Reforma Tributária. “Espero que esta Casa saia de uma agenda reativa e vá para uma agenda propositiva”, defendeu.

Paulão disse que também espera que o presidente Bolsonaro pare com os factoides e governe o Brasil. “Governe Bolsonaro. Nosso candidato era o Fernando Haddad, mas foi V.Exa. que foi eleito, então governe. Faça o seu papel. Deixe de mediocridade. O Brasil quer é desenvolvimento, geração de emprego e qualidade de vida”, finalizou.

Veja o vídeo:

CoronaVírus no Brasil

É necessária muita cautela e responsabilidade no que se trata do CoronaVírus no nosso país. Uma doença que vem se alastrando rapidamente entre a população e causando danos à saúde e à economia brasileiras.O governo, através do Ministério da Saúde, deve, o mais rápido possível, tomar providências para o tratamento dos já infectados, como também na prevenção de novos casos em todo o país.Além do mais, esse é o momento de enxergarmos o quanto o Sistema Único de Saúde e importante para os brasileiros, que estão recorrendo aos hospitais públicos para buscar auxílio quando os sintomas aparecem.

Posted by Paulão on Thursday, March 12, 2020

Vânia Rodrigues

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

TCU determina que Ministério da Saúde apresente plano estratégico de combate à pandemia

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou nessa quarta-feira (21), que o Ministério d…