Home Portal Notícias Manchetes Dilma Rousseff participa de encontro das mulheres Sem Terra em Brasília

Dilma Rousseff participa de encontro das mulheres Sem Terra em Brasília

3 min read
0

A ex-presidenta participa, junto com demais representes de movimentos sociais e políticos, de um grande ato na noite deste sábado (7).

A atividade tem as presenças confirmadas de Dilma Rousseff, da deputada e presidenta Nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), Nalu Farias, Débora Duprat, e de representações da Via Campesina, do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC), ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia), União Nacional dos Estudantes (UNE), CUT (Central Única dos Trabalhadores), MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), Frente Brasil Popular (FBP), PT (Partido dos Trabalhadores), Psol (Partido Socialismo e Liberdade), PCdoB (Partido Comunista do Brasil) e PSB (Partido Socialista Brasileiro).

Segundo Kelli Mafort, da direção nacional do MST, esse é um momento de análises e projeções das mulheres do MST.

“Nós temos, desde a Amazônia até o Sul do País, as nossas experiências de resistência e, com certeza, nesses dias nós teremos um importante diagnóstico e, mais do que isso, uma projeção sobre como que as mulheres participam e vão participar ainda mais da luta”, afirma.

Com o lema “Mulheres Em Luta: Semeando a Resistência”, 3.500 mulheres dividem um espaço de troca de experiências e celebrarem suas trajetórias de lutas e conquistas.

Essa é a primeira vez na história do Movimento Sem Terra que um encontro protagonizado exclusivamente por mulheres camponesas é realizado.

Na programação, que vai até a próxima segunda-feira (9), mesas e debates sobre capitalismo, patriarcado, racismo e violência. Além de oficinas, atividades artísticas e culturais e uma grande marcha que unirá campo e cidade pelas ruas do Distrito Federal, no dia 8 de março.

Por MST

Foto: Foto Matheus Alves/MST

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Ação que visa cassar registro do PT é pura perseguição; não há prova, afirmam petistas

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara manifestaram pelo Twitter indignação com a decisã…