Home Portal Notícias PIB de 2019 foi medíocre e reflete o desastre da política neoliberal de Bolsonaro, afirmam petistas

PIB de 2019 foi medíocre e reflete o desastre da política neoliberal de Bolsonaro, afirmam petistas

5 min read
0

Parlamentares do PT afirmaram, por meio de mensagens postadas no twitter, que o governo Bolsonaro é o principal responsável pelo menor crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos últimos três anos. Segundo eles, a política ultraneoliberal implementada por Bolsonaro-Paulo Guedes – de corte de investimentos e de retirada de direitos – trava a economia e aumenta a pobreza no País.  Segundo dados do IBGE, divulgados nesta quarta-feira (4), o crescimento do PIB em 2019 foi de apenas 1,1%, totalizando R$ 7,3 trilhões em valores atualizados.

Para a presidenta Nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), o resultado do PIB de 2019 é fruto direto da política econômica implementada pelo governo Bolsonaro.

“Economia de 2019 tem resultado medíocre. PIB foi de 1,1%. Será que esses liberais do governo e do Congresso não enxergam que estão destruindo o Brasil?! Para este ano o rumo vai ser o mesmo. Sem investimentos, cortes em programas sociais e precarização do emprego só leva a isso”, afirmou.

Já o vice-líder da Minoria na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), disse que enquanto a economia ‘patina’, a maioria da população empobrece.

“O PIB cresceu 1,1% em 2019. É o menor avanço em 3 anos. As confusões da família Bolsonaro afastam investidores e o ímpeto neoliberal de Guedes são atrasos incalculáveis. Enquanto isso, o trabalhador, cada vez mais, perde direitos, e os bancos faturam com o aumento da pobreza”, escreveu.

Leia outras declarações sobre o “pibinho” do governo Bolsonaro:

Deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) – “O ministro Paulo Guedes não entrega o que promete. Enquanto isso, a população ainda sofre com a falta de emprego e com a perda de direitos”.

Deputada Margarida Salomão (PT-MG) – “Fracasso anunciado. O ‘posto Ipiranga’ [ministro Paulo Guedes] prometeu e, como avisamos, não entregou. A economia segue fracassando. Disseram que era “só tirar a Dilma” para economia voltar a crescer. Não voltou. O dólar subiu. O desemprego segue. Vergonha!”

Deputada Natália Bonavides (PT-RN) – “O resultado do PIB do primeiro ano de governo Bolsonaro foi medíocre: 1,1%, em desaceleração e menor que os dois anos anteriores. Não adiantou destruir as leis trabalhistas, atacar a aposentadoria e os direitos sociais. Não é uma agenda de crescimento. É de pura destruição!”

Deputada Luizianne Lins (PT-CE) – “Pibinho. Incerteza e estagnação marcaram o 1º ano do (des) governo Bolsonaro. Além de não responder a imprensa sobre o assunto Bolsonaro escalou um humorista e distribuiu banana para jornalistas. Mais desrespeito com o povo brasileiro!”

Deputado Padre João (PT-MG) – “Previsão de mais um ano de ‘PIBINHO’ e coronavírus é a desculpa? O dólar está nas alturas! Não adianta colocar a culpa em uma pandemia que é o coronavírus. A politica econômica do governo é um desastre e o povo não é bobo!”

Os deputados João Daniel (PT-SE), Bohn Gass (PT-RS) e Alexandre Padilha (PT-SP) também compartilharam mensagens sobre o fraco desempenho da PIB em 2019.

 

Héber Carvalho

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PIB cai 1,5% e fracasso, enfim, sobe à cabeça de Guedes

Ministro da Economia admite agora que economia brasileira não vinha bem. “A impressão que …