Home Portal Notícias Outras notícias Morre Gilson Menezes, ex-prefeito de Diadema e o primeiro eleito pelo PT, em 1982

Morre Gilson Menezes, ex-prefeito de Diadema e o primeiro eleito pelo PT, em 1982

5 min read
0

O ex-prefeito de Diadema (SP) Gilson Menezes morreu na madrugada deste domingo (23) aos 70 anos. Um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT), em 1980, ele entrou na história da legenda por ser o primeiro militante do partido a vencer uma eleição a um cargo executivo, em 1982, tornando-se  prefeito de Diadema, onde, entre outras coisas, implementou o orçamento participativo, uma das marcas das gestões petistas que viriam depois em centenas de municípios brasileiros.

Gilson estava internado em São Bento do Sul (SC) à espera de um transplante de rim. O corpo do ex-prefeito será velado a partir das 16h deste domingo na Câmara Municipal de Diadema, e o sepultamento está previsto para acontecer às 10h desta segunda-feira (24).

Pelo twitter, o deputado federal Vicentinho (PT-SP) lamentou a morte de Gilson: ‘’Uma grande perda! Que Deus o acolha em sua plena graça e conforte seus familiares”, escreveu Vicentinho. Carlos Zarattini (PT-SP) comentou também pelo twitter: ”Gilson foi o grande líder da greve da Scania q iniciou as greves do ABC. Depois foi nosso primeiro prefeito de Diadema. Uma perda muito grande para os trabalhadores!”‘

O diretório municipal do PT de Diadema distribuiu hoje uma nota de pesar pela morte de Gilson Menezes.

Leia a nota:

“Nota de pesar falecimento do Companheiro Gilson Menezes

É com profundo pesar que a direção Municipal do Partido dos Trabalhadores comunica o falecimento na data de hoje, 23 de fevereiro de 2020, de um de seus fundadores Gilson Menezes.

A morte ocorreu às 0h30. Segundo informações, Gilson estava em Santa Catarina há quatro meses na busca de um transplante de rim, porém, o caso era grave.

Baiano da cidade de Miguel Calmon (360 km de Salvador), Gilson Menezes nasceu no dia 16 de julho de 1949. Chegou a Diadema com 11 anos de idade, por coincidência, exatamente no primeiro ano completo de emancipação.

Metalúrgico, trabalhou na Petri e na Scania. Na montadora foi um dos líderes das históricas greves de 1979 que não só entraram na história da luta dos trabalhadores, mas também no combate à Ditadura Militar (1964-1985).

Fundador do Partido dos Trabalhadores (PT), em 1980, entrou na história da legenda por seu o primeiro militante do partido a vencer uma eleição e se eleger o PRIMEIRO PREFEITO DO PT. Foi eleito com 23.310 votos, ao lado do vice, Paulo Afonso da Silva (PT).

A passagem marcante pela Prefeitura de Diadema entre 1983 e 1988 o credenciaram a tentar uma vaga como deputado estadual.

Foram dois mandatos, sendo o segundo incompleto, pois em 1996, pelo PSB, foi eleito novamente prefeito com 88.439 votos.

Junto com o Companheiro Mario Reali foi eleito vice prefeito de Diadema.

Companheiro Gilson Menezes, presente, agora e sempre.

Partido dos Trabalhadores

Diretório Municipal de Diadema”

PT na Câmara com agência PT.

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Paulo Teixeira rebate Bolsonaro: ‘Intervenção do Estado para enfrentar coronavírus não significa ser comunista’

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) defende a importância do fortalecimento do Estado para e…