Home Portal Notícias Manchetes Petistas defendem legalidade da greve nacional dos petroleiros no plenário da Câmara

Petistas defendem legalidade da greve nacional dos petroleiros no plenário da Câmara

5 min read
0

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara dos Deputados manifestaram apoio à greve nacional dos Petroleiros, durante a sessão de debates no plenário nesta terça-feira (4). Iniciado na madrugada do último sábado (1), o movimento já atinge 24 unidades da Petrobras, em 13 estados, incluindo refinarias, terminais e plataformas de petróleo. Segundo a Federação Única dos Petroleiros (FUP), cerca de 15 mil funcionários da Petrobras já aderiram ao movimento.

Ao manifestar total apoio à greve, o deputado Bohn Gass (PT-RS) destacou em seu pronunciamento que o movimento comandado pela FUP está defendendo o Brasil. “Destruir a Petrobras é não fazer o que as petrolíferas e governos de todo mundo fazem, que é do poço ao posto, considerar a produção, o refino e a distribuição algo estratégico. E isso está sendo destruído no Brasil”, criticou.

Já a deputada Benedita da Silva (PT-RJ) lembrou que nesta segunda-feira (3) esteve na sede da empresa, no Rio de Janeiro, para manifestar apoio aos petroleiros, e que foi impedida de entrar na empresa ao lado de outros parlamentares.

“Ontem estive presente na Petrobras dando apoio a 5 funcionários petroleiros que estão dentro da empresa desde a última sexta-feira (31) sem se alimentar, tomando água da torneira – com esse problema que estamos passando (com a péssima qualidade da água) no Rio de Janeiro -, e os parlamentares que lá foram levar seu apoio foram impedidos de entrar na Petrobras. A Petrobras é dos brasileiros e das brasileiras, e um deputado federal não pode ser barrado em nenhuma instituição nossa”, alertou.

Greve legal

O deputado José Ricardo (PT-AM) também registrou em discurso que visitou a refinaria da Petrobras, em Manaus, na segunda-feira (3). O parlamentar defendeu ainda a legalidade da greve.

“Ontem (segunda-feira) estive de manhã cedo na refinaria de Manaus dando apoio ao sindicato e a todos trabalhadores. Eles estão defendendo não só empresa, que é do Brasil, mas também os empregos e questionando o não cumprimento de acordo coletivos. Estão preocupados com demissões em massa por conta do processo de privatização e defendendo a nossa soberania, pelo direito das nossas riquezas serem exploradas e destinadas ao nosso País”, observou.

Ainda em apoio a greve dos petroleiros, o deputado João Daniel (PT-SE) manifestou o desejo de que essa mobilização inspire o povo brasileiro a também lutar pela soberania do Brasil e pelos seus direitos.

“2020 é o ano que nós esperamos, com muita fé, que o povo esteja mais consciente do que nunca sobre o governo que se instalou há um ano, graças ao golpe dado com o impeachment.  O governo Bolsonaro é de destruição nacional, quebra da soberania e de retirada direitos. Que o exemplo dos petroleiros dê coragem ao todo povo brasileiro para defender nossa soberania, nossa pátria, e para criarmos uma agenda de movimentos de luta em nosso País”, conclamou o petista.

 

Héber Carvalho

Foto – Divulgação FUP

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT vai ao STF contra prorrogação das medidas provisórias de Bolsonaro

O Partido dos Trabalhadores em petição assinada pelo líder da Bancada na Câmara, deputado …