Home Portal Notícias Erika Kokay critica processo de privatização da Dataprev

Erika Kokay critica processo de privatização da Dataprev

2 min read
0

A deputada Erika Kokay (PT-DF) criticou na tribuna da Câmara, nesta terça-feira (4), a decisão já manifestada pelo governo Bolsonaro de privatizar a Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social). Segundo a parlamentar, entregar a iniciativa privada uma “empresa com mais de 40 anos de experiência em política social”, e com um “banco de dados responsável pelo pagamento de 34 milhões de benefícios previdenciários”, é um gesto contrário ao interesse do País e da maioria do povo brasileiro.

“[A Dataprev] É uma empresa premiada, que não depende de recursos do tesouro, e detém por volta de 3,8 mil trabalhadores. Portanto, é uma empresa enxuta que o governo quer entregar para a iniciativa privada”, alertou.

A parlamentar brasiliense disse ainda que a possível privatização da Dataprev é parte de um capitalismo dependente, que deseja “entregar de bandeja um banco de dados para ser manuseado por empresas com interesses contrários ao do povo brasileiro”.

A parlamentar acusou ainda a atual gestão da Dataprev de assédio moral contra seus funcionários. “Começou o assédio e o desrespeito contra os profissionais que constroem a empresa desde 1974. Fecharam unidades, e trabalhadores que chegaram para trabalhar encontraram as portas fechadas, enquanto a empresa continua o pagamento dos aluguéis dessas unidades. Demitem sem justificativa, porque estão a serviço da lógica estadunidense e não de um projeto de desenvolvimento do Brasil”, denunciou.

Héber Carvalho

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Petistas questionam no Ministério Público transferência do acervo da Fundação Palmares para prédio com avarias

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara entraram com ações na Procuradoria-Geral da Repúb…