Home Portal Notícias Erika Kokay critica processo de privatização da Dataprev

Erika Kokay critica processo de privatização da Dataprev

2 min read
0

A deputada Erika Kokay (PT-DF) criticou na tribuna da Câmara, nesta terça-feira (4), a decisão já manifestada pelo governo Bolsonaro de privatizar a Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social). Segundo a parlamentar, entregar a iniciativa privada uma “empresa com mais de 40 anos de experiência em política social”, e com um “banco de dados responsável pelo pagamento de 34 milhões de benefícios previdenciários”, é um gesto contrário ao interesse do País e da maioria do povo brasileiro.

“[A Dataprev] É uma empresa premiada, que não depende de recursos do tesouro, e detém por volta de 3,8 mil trabalhadores. Portanto, é uma empresa enxuta que o governo quer entregar para a iniciativa privada”, alertou.

A parlamentar brasiliense disse ainda que a possível privatização da Dataprev é parte de um capitalismo dependente, que deseja “entregar de bandeja um banco de dados para ser manuseado por empresas com interesses contrários ao do povo brasileiro”.

A parlamentar acusou ainda a atual gestão da Dataprev de assédio moral contra seus funcionários. “Começou o assédio e o desrespeito contra os profissionais que constroem a empresa desde 1974. Fecharam unidades, e trabalhadores que chegaram para trabalhar encontraram as portas fechadas, enquanto a empresa continua o pagamento dos aluguéis dessas unidades. Demitem sem justificativa, porque estão a serviço da lógica estadunidense e não de um projeto de desenvolvimento do Brasil”, denunciou.

Héber Carvalho

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Câmara aprova orçamento de guerra e cria condições para o governo ter agilidade no combate ao Covid-19

A Câmara aprovou nesta sexta-feira (3) a proposta de emenda à Constituição (PEC 10/20), qu…