Home Portal Notícias Rogério Correia protesta contra perseguição da Vaza Jato a Lulinha

Rogério Correia protesta contra perseguição da Vaza Jato a Lulinha

6 min read
0

O deputado Rogério Correia (PT-MG) protestou em plenário, nesta terça-feira (10), contra a operação deflagrada hoje pela Polícia Federal e que teve entre os alvos o filho mais velho o ex-presidente Lula, Fábio Luís, o Lulinha. “São os absurdos do Brasil, hoje o procurador Deltan Dallagnol pediu a prisão do filho do Lula por um processo, no qual, ele já foi absolvido em São Paulo e no Distrito Federal, e ele agora levou para o Paraná, para Lava Jato, em Curitiba, a mando de Sérgio Moro (Ministro da Justiça), para criar um fato contra o presidente Lula”, denunciou Correia.

O pedido de prisão foi negado pelo Ministério Público Federal (MPF), “assim como foi negado recente pedido da Polícia Federal, incentivado por Moro, para prender a ex-presidente Dilma Rousseff”, completou o deputado do PT mineiro.

“Engraçado, querem criar um fato em cima do presidente Lula, mas os denunciados ultimamente foram os filhos de Jair Bolsonaro, em envolvimento no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco — o Carlos Bolsonaro saiu até das redes sociais e apagou tudo o que tinha, quem sabe para apagar provas —, o outro filho, o da rachadinha e das milícias, que vai voltar a ser investigado. O senador e o rei das fake news, denunciado, inclusive pela ex-líder do governo, Joice Hasselmann (PSL-SP), que disse claramente que ele (Carlos Bolsonaro) arquitetava fake news aqui por dentro do governo e que, além de arquitetar isso, ele queria criar uma Abin paralela dentro do Palácio do Planalto e comandar essas fake news por dentro do próprio governo”, afirmou.

Pesquisa

Rogério Correia ainda citou a pesquisa divulgada hoje pela Folha de S. Paulo, na qual 54% dos brasileiros entrevistados acham justo que o ex-presidente Lula esteja livre e 45% dizem que a prisão se justifica. “Não há nenhum constrangimento para o povo brasileiro de Lula estar solto. Pelo contrário, as pesquisas apontam que a maioria diz que é justo que Lula seja solto. Cadê os argumentos de que isso ia colocar fogo no Brasil? Mentira! O que está colocando fogo no Brasil é a Lava Jato, que agiu na surdina, sem critério jurídico, para perseguir adversários. Hoje persegue o Lula, amanhã pode ser qualquer um de nós. Prestem atenção nesses ditadores de plantão da Lava Jato: Moro e companhia limitada”, alertou.

O parlamentar do PT mineiro enfatizou que a Lava Jato está atolada em denúncia de corrupção e jamais se deixa investigar. “O Dallagnol, envolvido na criação de um fundo com R$ 2,5 bilhões, não tem coragem de vir aqui, na Câmara dos Deputados, para dizer o que aconteceu”, provocou.

Recentemente, continuou Rogério Correia, um doleiro denunciou que pagava propina para Januário Paludo, aquele dos filhos do Januário da ‘Vaza Jato’. “Ele denunciou que pagavam parte das propinas que ele recebia, porque insinua que havia outros e que eram distribuídos pelos procuradores, mas não se abre processo contra o Dallagnol”, lamentou.

Ação na PGR

Rogério Correia informou também que hoje reiterou denúncias que ele já fez à Procuradoria-Geral da República contra o Dallagnol. “Solicito que se abra um procedimento contra esse sujeito (Dallagnol), porque ele é o arquiteto, junto com o Sérgio Moro, de criar instabilidade política para essa ‘farsa-jato’. Repito, de olho em criar no Brasil algum quadro que lhe permita sonhar com um regime autoritário, com o Ato Institucional nº 5 ou com a volta da ditadura.

Vânia Rodrigues

 

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Líder do PT denuncia nova ação ilegal de Dallagnol e pede seu afastamento da Lava Jato

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), protocolou hoje (21), no Conselho Nacional do…