Home Portal Notícias Frei Anastácio critica proposta de Bolsonaro que acaba com política de cotas para pessoas com deficiência

Frei Anastácio critica proposta de Bolsonaro que acaba com política de cotas para pessoas com deficiência

2 min read
0

O deputado Frei Anastácio (PT-PB) criticou o projeto de lei que o governo federal enviou para Câmara acabando com a política de cotas para pessoas com deficiência ou reabilitadas, que são contratadas por empresas.

“Essa é uma proposta mais que mal-intencionada, pois ela acaba com os direitos da pessoa com deficiência, principalmente no mercado de trabalho”, comentou o deputado.

De acordo com Frei Anastácio, o projeto desconfigura toda a ação afirmativa que é a reserva de cargos para pessoas com deficiência. “Isso que o governo está fazendo é um absurdo. Até nos direitos das pessoas com deficiências deste País, o governo quer interferir”, lamentou o parlamentar.

Nos últimos três anos, a inclusão de trabalhadores com deficiência avançou: Em 2016, eram 418 mil pessoas com deficiência empregadas, já em 2018, esse número subiu para 486 mil trabalhadores formais.

“Estamos lidando com 24% da população que tem alguma deficiência. Portanto, este projeto viola a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, da qual o Brasil é signatário. Não podemos deixar esse projeto prosperar”, concluiu Frei Anastácio.

 

Assessoria de Comunicação

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Lula: ‘Não gritava com Evo e não falava baixo com os EUA; país tinha respeito’

Em entrevista à TVT, ex-presidente reiterou a importância em defender a soberania nacional…