Home Portal Notícias Manchetes Pimenta: Alberto Fernández pode iniciar um novo ciclo de governos progressistas na América Latina

Pimenta: Alberto Fernández pode iniciar um novo ciclo de governos progressistas na América Latina

6 min read
0

Integrando a delegação oficial da Câmara dos Deputados do Brasil em visita a autoridades argentinas, nesta quinta-feira (5), o líder da bancada do PT, Paulo Pimenta (PT-RS), relatou a sua emoção e a coincidência de visões no encontro com o presidente eleito Alberto Fernández.

Pimenta disse ter sentido “enorme emoção” durante o encontro com Fernández. “Em primeiro lugar pela sua simplicidade, sua humildade, sua generosidade. Alberto Fernández teve com o Lula uma conduta que muitos brasileiros não tiveram coragem de ter. Isso é algo que, para mim, tem um valor enorme na política”, ressaltou.

“O seu governo, que eu tenho certeza que será vitorioso e bem sucedido, é uma oportunidade para termos um novo ciclo de governos democráticos, populares, de esquerda, em grande escala na América Latina”, acrescentou o deputado.

Fernández (ver vídeo abaixo) manifestou o seu carinho pelo ex-presidente Lula e mandou um recado a Jair Bolsonaro, dizendo que é preciso garantir o respeito entre os dois países “para o bem dos nossos governos”.

A agenda da comitiva brasileira, chefiada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), começou pela manhã e se estendeu até o final da tarde. O primeiro encontro ocorreu na Câmara argentina, com o novo presidente da casa, Sérgio Massa, e líderes de blocos partidários.

      Parlamentares da Argentina e Brasil em Buenos Aires

Pela tarde, a delegação encontrou-se com Alberto Fernández, que apresentou o seu futuro chanceler, Felipe Solá, e nome escolhido para ser o embaixador no Brasil, Daniel Scioli, que ficou segundo lugar na disputadíssima eleição presidencial de 2015, perdendo para Maurício Macri por menos de 2% dos votos. Tanto Solá quanto Scioli foram governadores da província de Buenos Aires, a maior do país.

Deputados brasileiros com Alberto Fernández e Sergio Massa

Base do governo

Antes da primeira reunião oficial, Pimenta teve um encontro com senadores do bloco Frente para a Vitória, que dará sustentação ao governo de Alberto e Cristina Kirchner, que, na condição de vice-presidenta, segundo estabelece a Constituição, presidirá as sessões do Senado.

As senadoras Anabel Sagasti e Maria Eugenia Duré, além do senador Matias Rodríguez e do deputado do Parlasul Diego Mansilla, receberam Pimenta para um café da manhã e uma conversa sobre a conjuntura dos dois países, da região e do mundo.

Pimenta foi recebido por senadores da base do novo governo (Foto: Matheus Alves)

“Vi que temos, na bancada do PT, enorme identidade no olhar sobre a conjuntura dos companheiros da base de apoio ao governo de Alberto Fernández e Cristina Kirchner”, disse o líder petista.

“Eles têm um papel muito claro sobre a maneira pela qual devemos construir juntos uma unidade política, econômica e cultural para podermos dar conta desse novo momento de reorganização do neoliberalismo. Esse projeto busca tratar todos nós, a América do Sul, como uma grande fazenda, sem possibilidade de desenvolvermos ciência e tecnologia, indústria, de promovermos a geração de empregos e garantirmos a nossa soberania”, destacou o parlamentar.

Confira abaixo vídeos da visita.

Rogério Tomaz Jr.

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Parlamentares do PT denunciam Paulo Guedes e Rogério Marinho à PGR por longas filas no INSS

Os deputados Paulo Pimenta (PT-RS), líder do PT na Câmara, Enio Verri (PT-PR) e Rui Falcão…