Home Portal Notícias Manchetes Petistas repudiam agressões sofridas na Câmara pela deputada Maria do Rosário

Petistas repudiam agressões sofridas na Câmara pela deputada Maria do Rosário

9 min read
0

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara manifestaram pelas redes sociais solidariedade à deputada Maria do Rosário (PT-RS), vítima de agressões verbais e intimidação física promovidas por integrantes do PSL, ocorridas ontem à noite (20), em um dos corredores da Casa enquanto realizava uma transmissão ao vivo pela internet. Os agressores estavam na companhia do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que inclusive chegou a protegê-los da ação dos policiais legislativos enquanto eles hostilizavam e filmavam a deputada petista. A agressão foi registrada por Maria do Rosário no Departamento de Polícia Legislativa da Câmara (Depol).

Um dos agressores identificados pelo Depol é a blogueira de extrema direita Tamires de Souza Costa, conhecida por manter perfis nas redes sociais onde defende o governo Bolsonaro e ataca a esquerda. O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), disse que além da solidariedade irrestrita da bancada do partido à deputada Maria do Rosário, os deputados petistas também exigem punição exemplar aos agressores.

“A deputada Maria do Rosário tem uma contribuição incalculável para as lutas da educação, dos direitos humanos, das mulheres, da população LGBT, dos policiais e para o Brasil. Foi atacada novamente hoje porque é forte e não abaixa a cabeça para miliciano e fascista! Mais do que solidariedade, vamos tratar das medidas necessárias para que essas agressões no seu espaço de trabalho acabem de uma vez por todas. Parabéns pela força e pelo exemplo que você é para todos, companheira Maria do Rosário”, disse.

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), lembrou que Maria do Rosário sofreu a agressão porque flagrou outro ataque ao mural da Consciência Negra, exposto no corredor de acesso ao plenário da Câmara. O mesmo mural já havia sofrido um ataque na última terça-feira (19), praticado pelo deputado Coronel Tadeu (PSL-SP).

“Maria do Rosário flagra fascista atacando mural da Consciência Negra e bolsonarista ligada ao deputado Daniel Silveira do PSL, aquele que quebrou a placa de Marielle, vai parar na polícia. Não vamos alimentar ódio, mas não vamos baixar guarda para intimidações”, afirmou.

Por sua vez, o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara (CDHM), deputado Helder Salomão (PT-ES), também prestou solidariedade a Maria do Rosário e avisou que não se calará diante dessa agressão.

“Minha solidariedade à companheira Maria do Rosário que foi agredida covardemente por uma militante bolsonarista. Não nos calaremos e tomaremos todas as medidas cabíveis. Conte comigo! ”, ressaltou.

Leia abaixo outras declarações de solidariedade a Maria do Rosário:

Deputada Erika Kokay (PT-DF) – “Toda solidariedade à companheira Maria do Rosário que foi hostilizada por pessoas ligadas ao PSL e por um parlamentar do partido. O clima de ódio na Câmara já ultrapassou todos os limites e chegou a níveis intoleráveis!”.

Deputada Benedita da Silva (PT-RJ) – “Todo o meu apoio à combativa deputada federal Maria do Rosário, que, na noite desta quarta-feira, foi hostilizada dentro da Câmara dos Deputados por uma apoiadora do PSL. Força, Maria! Essa luta é de todas nós”.

Deputado José Guimarães (PT-CE) – “Absurdo! Quero manifestar solidariedade a Maria do Rosário, não podemos mais admitir esses ataques fascistas na Câmara dos Deputados”.

Deputada Margarida Salomão (PT-MG) – “Eles se solidarizam quando praticam gestos de ódio. No nosso caso, ninguém solta a mão de ninguém. Nunca. Meu abraço e meu apoio à querida Maria do Rosário. Podem tentar nos provocar, podem tentar nos hostilizar. A gente não baixa a cabeça. Nunca”.

Deputada Natália Bonavides (PT-RN) – “Companheira Rosário, se você incomoda gente desse tipo rasteiro é porque sempre fez e está fazendo exatamente o que devia nesses tempos sombrios: lutando pelos direitos do povo e pela democracia. A covardia desses canalhas envergonha o Brasil e não vai ficar impune. Estamos juntas!”

Deputado Paulo Teixeira (PT-SP) – Maria do Rosário é uma deputada que não abaixa a cabeça na luta contra o cerceamento do espaço de trabalho e ideias que se tornou o ambiente da Câmara dos Deputados. Quebram placas e hostilizam uma deputada. Minha solidariedade a Maria do Rosário e meu apoio à cobrança de medidas.

Deputada Luizianne Lins (PT-CE) – “Toda a nossa solidariedade à grande companheira Maria do Rosário, vítima de ataques truculentos bolsonaristas dentro da Câmara dos Deputados. Mais uma vez, Rosário mostrou seu gigantismo e não se acovardou! Não vão nos intimidar!”.

Deputada Rosa Neide (PT-MT) – “Tempos estranhos! Na Câmara dos Deputados o racismo foi exposto da forma mais agressiva. Deputado do PSL arranca charge, funcionária do gabinete de outro deputado do PSL agride a deputada Maria do Rosário. Minha solidariedade à companheira!”.

Também manifestaram solidariedade a Maria do Rosário e cobraram punição aos responsáveis pela agressão dos deputados petistas Nilto Tatto (SP), Reginaldo Lopes (MG), Valmir Assunção (BA), Pedro Uczai (SC), Célio Moura (TO), Henrique Fontana (RS), Airton Faleiro (PA), Assis Carvalho (PI), Zé Carlos (MA), Afonso Florence (BA), Leonardo Monteiro (MG), Odair Cunha (MG), Padre João (MG) e Frei Anastácio (PB).

Héber Carvalho

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

João Daniel denuncia que regularização fundiária proposta por Bolsonaro acentua injustiça agrária

A preocupação com a medida provisória (MP 910/19), editada esta semana pelo governo federa…