Home Portal Notícias Após denúncia de Bebianno, Rogério Correia protocola convocação de Moro para explicar convite de Bolsonaro antes das eleições

Após denúncia de Bebianno, Rogério Correia protocola convocação de Moro para explicar convite de Bolsonaro antes das eleições

5 min read
0

O vice-líder da Bancada do PT na Câmara, deputado federal Rogério Correia (MG), protocolou nesta terça-feira (19), na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, requerimento de convocação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para que explique sua atuação – ainda no papel de juiz à frente da Lava Jato – como cabo eleitoral de Jair Bolsonaro na campanha presidencial do ano passado.

O requerimento baseia-se em denúncia do ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Gustavo Bebianno, em entrevista ao jornalista Fábio Pannunzio, de que o então juiz da Lava Jato se reuniu de cinco a seis vezes com aquele que seria o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, antes do primeiro turno da eleição, para negociar seu cargo no novo governo.

Relação promíscua

“Considero que o ministro Sérgio Moro deve explicações a esta Casa, as denúncias são muito graves e a administração pública precisa apurar em detalhes esta relação promíscua entre um juiz e candidatos favorecidos por suas decisões”, argumenta o deputado em seu requerimento.

O parlamentar recordou que neste ano Moro mentiu duas vezes no Congresso Nacional – na Câmara e no Senado – quando negou que tivesse tratado de sua nomeação para o governo Bolsonaro antes das eleições. “Houve uma tramoia no período eleitoral”, denunciou Rogério Correia.

Juiz que atuou como candidato e ministro

O deputado protocolou também requerimento em que convida Bebianno a prestar esclarecimento sobre sua denúncia em audiência pública a ser realizada na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público.

Em entrevista (veja o vídeo abaixo), Rogério Correia qualificou a denúncia de Bebianno como “muito séria”, pois como juiz Moro atuou como candidato a ministro, além de favorecer o seu futuro chefe, numa flagrante ilegalidade.

Foi assim, lembrou o parlamentar, que Moro proibiu entrevista de Lula à Folha de S. Paulo antes das eleições e inventou e divulgou à imprensa uma pseudo delação do ex-ministro Antônio Palocci para prejudicar o candidato do PT, Fernando Haddad. “E isso tudo depois te ter agido de má-fé e condenado Lula sem provas, para ajudar Bolsonaro na campanha eleitoral”, completou.

Assista o vídeo do deputado Rogério Correia:

Leia a íntegra dos requerimentos:
https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2229734

https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2229733

Leia mais:
Moro mentiu sobre atuação como cabo eleitoral de Bolsonaro e deve ser convocado pelo Congresso, defende Pimenta

PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

João Daniel se reúne com representantes do Sindijor e Sterts sobre a MP 905

O deputado João Daniel (PT-SE) se reuniu na tarde desta quinta-feira (5) com a Diretoria d…