Home Portal Notícias Rogério Correia solicita afastamento de promotora do caso Marielle Franco

Rogério Correia solicita afastamento de promotora do caso Marielle Franco

2 min read
0

A falta de isenção da promotora Carmen Eliza Bastos de Carvalho, que atua no caso Marielle Franco, leva o deputado Rogério Correia (PT-MG) a solicitar afastamento da promotora do caso. O pedido foi feito nesta sexta-feira (1) à Câmara dos Deputados e encaminhado também ao Procurador-Geral de Justiça do Rio de Janeiro, José Eduardo Citola Gussem.

O petista argumenta que matérias publicadas em diversos meios de comunicação “demonstram cabalmente que a referida promotora não tem a necessária isenção para atuar neste caso. Em suas manifestações nas redes sociais ela assume claramente sua identificação com a extrema direita representada pela família Bolsonaro”.

O parlamentar lembra que postagens feitas pela promotora nas redes sociais revelam “que ela não esconde sua admiração ao ser fotografada ao lado do deputado Rodrigo Amorim, aquele mesmo que quebrou a placa com o nome de Marielle Franco”.

Essa proximidade com o clã Bolsonaro, apontada nas recentes revelações, envolvimento com o assassinato da vereadora, a coloca sob suspeição para a condução das investigações. “Desta forma resta claro que esta promotora não pode atuar com a devida isenção na apuração dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, neste caso em que também estão arrolados como suspeitos pessoas da família Bolsonaro, assim solicito o seu imediato afastamento deste caso”, reafirma Rogério Correia.

Benildes Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Zé Neto apresenta projeto que garante computador para estudantes pobres de escolas públicas durante a pandemia

O deputado Zé Neto (PT-BA) apresentou um projeto de lei na Câmara (PL 3.699/20), com a coa…