Home Portal Notícias Rogério Correia solicita afastamento de promotora do caso Marielle Franco

Rogério Correia solicita afastamento de promotora do caso Marielle Franco

2 min read
0

A falta de isenção da promotora Carmen Eliza Bastos de Carvalho, que atua no caso Marielle Franco, leva o deputado Rogério Correia (PT-MG) a solicitar afastamento da promotora do caso. O pedido foi feito nesta sexta-feira (1) à Câmara dos Deputados e encaminhado também ao Procurador-Geral de Justiça do Rio de Janeiro, José Eduardo Citola Gussem.

O petista argumenta que matérias publicadas em diversos meios de comunicação “demonstram cabalmente que a referida promotora não tem a necessária isenção para atuar neste caso. Em suas manifestações nas redes sociais ela assume claramente sua identificação com a extrema direita representada pela família Bolsonaro”.

O parlamentar lembra que postagens feitas pela promotora nas redes sociais revelam “que ela não esconde sua admiração ao ser fotografada ao lado do deputado Rodrigo Amorim, aquele mesmo que quebrou a placa com o nome de Marielle Franco”.

Essa proximidade com o clã Bolsonaro, apontada nas recentes revelações, envolvimento com o assassinato da vereadora, a coloca sob suspeição para a condução das investigações. “Desta forma resta claro que esta promotora não pode atuar com a devida isenção na apuração dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, neste caso em que também estão arrolados como suspeitos pessoas da família Bolsonaro, assim solicito o seu imediato afastamento deste caso”, reafirma Rogério Correia.

Benildes Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Jorge Solla: Governo Bolsonaro completa um ano sem cumprir suas principais promessas de campanha

O deputado Jorge Solla (PT-BA) descreveu, no plenário da Câmara dos Deputados, nesta quint…