Home Portal Notícias Lula responde ameaças ao povo: precisamos de mais democracia, não de menos

Lula responde ameaças ao povo: precisamos de mais democracia, não de menos

3 min read
0

O ex-presidente Lula, em que pese as circunstâncias desfavoráveis impostas pela farsa judicial que o levou ao cárcere político, tem acompanhado em tempo real os graves desdobramentos políticos do País. E não há nada que o deixe mais consternado do que as constantes ameaças à liberdade do povo brasileiro vindas de quem hoje está no poder.

Nesta quinta-feira (31) não foi diferente. Em conversa com os assessores José Chrispiniano e Ricardo Amaral, o ex-presidente viu como gravíssimas as declarações autoritárias de Eduardo Bolsonaro ao sugerir a volta do AI-5 para conter possíveis manifestações da população – não custa lembrar que O Ato Institucional nº 5, AI-5, baixado em 13 de dezembro de 1968, durante o governo do general Costa e Silva, foi o mais duro golpe da ditadura militar brasileira (1964-1985) contra a democracia, pois dava poderes ilimitados ao presidente e proibia, entre outras coisas, greves e manifestações.

“Lula pediu para mandar o seguinte recado: O Brasil precisa é de mais democracia e não de menos. O presidente da República e os seus filhos precisam respeitar o povo brasileiro, respeitar a opinião de todos. O presidente não tem de concordar com que os outros falam”, declarou Lula, em recado transmitido por Amaral.

O ex-presidente ainda sugeriu que o atual governo “precisa respeitar o direito democrático de todos para que possamos democraticamente construir um país melhor”.

Assista:

 

Assessores de Lula, José Chrispiniano e Ricardo Amaral relatam visita ao ex-presidente na prisão #LulaLivreJá

Posted by Lula on Thursday, 31 October 2019

Da Agência PT de Notícias

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT defende CPI da Covid na Câmara para apurar omissão e responsabilizar Bolsonaro por genocídio

O líder do PT na Câmara, Elvino Bohn Gass (RS), defendeu hoje (13) a criação de uma Comiss…