Home Portal Notícias Zé Carlos defende mobilização contra privatização de bancos públicos

Zé Carlos defende mobilização contra privatização de bancos públicos

3 min read
0

O deputado Zé Carlos (PT-MA) participou, em Brasília, na terça-feira (29), do Seminário “O Brasil é Nosso – Em Defesa dos Bancos Públicos e Soberania Nacional’’, organizado por movimentos sociais e entidade contrárias à privatização de estatais brasileiras, especialmente os bancos públicos.

Jair Bolsonaro e o seu ministro Paulo Guedes (Economia) têm interesse na privatização de empresas públicas, incluindo a Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banco da Amazônia e o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

O deputado Zé Carlos, ex- bancário e atual coordenador da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos na Câmara, foi um dos palestrantes no Seminário e, para ele, defender os bancos públicos, é um dever, uma vez que estas instituições contribuem para o desenvolvimento econômico, além de cumprir um importante papel social na execução de políticas públicas.

“É fundamental essa mobilização da Fenae (Federação Nacional das Associações de Pessoal da Caixa Econômica Federal), Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), CUT (Central Única dos Trabalhadores), dos bancários e dos parlamentares apoiadores nesta luta em defesa dos bancos públicos. O governo tenta privatizar instituições públicas centenárias, lucrativas, que tem a capacidade de atender o público que os bancos privados não têm interesse em atender, que não possuem interesse social e só visam ao lucro’’, disse Zé Carlos.

Também participaram do Seminário a presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), a deputada Erika Kokay (DF) e o deputado Alexandre Padilha (PT-SP).

 

Assessoria de Comunicação

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Pimenta denuncia impunidade de Queiroz e faz desafio à família Bolsonaro

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), sugeriu hoje que o dia 4 de dezembro seja dec…