Home Portal Notícias Manchetes Fontana alerta que Queiroz está na ativa, vaza áudios, coordena milicianos, e Moro fica calado

Fontana alerta que Queiroz está na ativa, vaza áudios, coordena milicianos, e Moro fica calado

5 min read
0

O deputado Henrique Fontana (PT-RS) afirmou na tribuna da Câmara, nesta terça-feira (29) que o vídeo do leão e das hienas, divulgado nas redes sociais do Bolsonaro, é uma cortina de fumaça para deslocar a atenção pública para um fato muito mais importante: “o escândalo de Fabrício Queiroz e as relações da família presidencial com as milícias e com crimes de peculato”. Fontana lembrou que o Coaf revelou que os assessores de Flávio Bolsonaro passaram para a conta de Fabrício Queiroz R$ 1,233 milhão em um ano e que nos 2 anos anteriores, este valor subiu ainda mais para R$ 5,8 milhões.

Fontana relembrou ainda que Queiroz depositou dinheiro na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro. “Segundo o presidente Bolsonaro, teria sido um empréstimo que ele fez e que Fabrício Queiroz estaria devolvendo. Um homem que movimenta R$ 5,8 milhões, em 3 anos, é difícil imaginar que precisasse de um empréstimo de R$ 40 mil do presidente da República”, ironizou.

Agora, enfatizou Fontana, o Fabrício Queiroz voltou. “Ele andava sumido, mas voltou através de áudios. Áudios estão sendo vazados, aliás, ironicamente, eu não vejo o ministro Sérgio Moro (Justiça) preocupado em investigar de onde estão vazando esses áudios, parece que é perigoso mexer nas questões que envolvem Fabrício Queiroz”, provocou.

Em um desses áudios, citou o deputado do PT gaúcho, Fabrício Queiroz disse: “é o que eu falo, o cara lá está hiperprotegido”. Fontana disse que imagina que o “cara” seja Bolsonaro e Flávio Bolsonaro. E continua reproduzindo a fala de Queiroz: “Eu não vejo ninguém mover nada para tentar me ajudar aí, ver e tal, é só porrada. O Ministério Público do Rio está com uma pica do tamanho de um cometa para enterrar na gente. Não vi ninguém agir.” Para Fontana, o áudio é uma espécie de grito de socorro “do esquema mafioso de Queiroz com a família Bolsonaro”.

Na avaliação do deputado Fontana, é o próprio Queiroz que está vazando os vídeos, “porque, de fato, está ficando cada vez mais insustentável a falta de investigação sobre o esquema Queiroz”.

O deputado repete a pergunta que tem sido feita milhares de vezes por parlamentares de Oposição ao longo deste ano: “Onde está Queiroz? De onde vieram esses R$ 5 milhões que circularam na conta de Queiroz? Por que Queiroz não fala, não dá entrevistas? Por que o Ministério Público não acelera as investigações? E onde está Sérgio Moro, que não diz uma palavra sobre Queiroz?”

Vânia Rodrigues

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

TCU determina que Ministério da Saúde apresente plano estratégico de combate à pandemia

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou nessa quarta-feira (21), que o Ministério d…