Home Portal Notícias O impacto da privatização da CBTU e da Trensurb para os usuários será debatido em audiência na Câmara

O impacto da privatização da CBTU e da Trensurb para os usuários será debatido em audiência na Câmara

4 min read
0

Para avaliar os impactos que uma eventual privatização da Trensurb (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A.) e da CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) teria sobre os usuários, a Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados realiza, nesta terça-feira (15), às 16h, no Plenário 11, uma audiência pública.

Um dos proponentes, o deputado Elvino Bohn Gass (PT-RS) detalha o objetivo da audiência: “Como seria composto o preço da tarifa? Haveria subsídio governamental? Que compromissos as empresas teriam com a melhoria e ampliação do serviço? A que custo? Como ficariam os atuais trabalhadores da Trensurb e da CBTU? Se o governo Bolsonaro está propondo a privatização, precisa responder a essas e outras perguntas. Afinal, estamos falando de um transporte que hoje é utilizado por cerca de 18 milhões de brasileiros a cada mês”.

A Comissão também quer ouvir o que usuários e trabalhadores pensam sobre a eventual privatização, por isso a lista de convidados para a audiência inclui representantes dos dois setores, governo e sociedade civil. Foram chamados o ministro-Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; o diretor-Geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres, Mario Rodrigues Junior; o diretor Presidente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, José Marques de Lima; o diretor Presidente da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A, David Borille; o presidente da Fenametro, Celso Trapaga Borba; o presidente do SindiMetrô/RS, Luis Henrique Chagas; o coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias do Rio Grande do Norte, Jorge Luiz da Silva; o presidente do Sindmetro/MG, Adalberto Ferreira; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias no Estado de Alagoas, Luciano Gamas e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias no Estado da Paraíba, Severino Urbano Filho.

Em maio deste ano, o governo Bolsonaro publicou a resolução nº 60 do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos que opina favoravelmente à privatização da CBTU e da Trensurb. Hoje, a CBTU atende as capitais de Pernambuco, Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas, transportando 14 milhões de passageiros em média por mês. Já o Trensurb que atende a Região Metropolitana de Porto Alegre transporta 4 milhões de passageiros em média por mês.

Assessoria de Comunicação

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Outro Brasil é possível, diz Lula. Um país com emprego, sem o fantasma da fome e com mais saúde e renda para o povo

No país de Bolsonaro e Paulo Guedes, onde a desigualdade está crescendo e a miséria se apr…