Home Portal Notícias O impacto da privatização da CBTU e da Trensurb para os usuários será debatido em audiência na Câmara

O impacto da privatização da CBTU e da Trensurb para os usuários será debatido em audiência na Câmara

4 min read
0

Para avaliar os impactos que uma eventual privatização da Trensurb (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A.) e da CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) teria sobre os usuários, a Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados realiza, nesta terça-feira (15), às 16h, no Plenário 11, uma audiência pública.

Um dos proponentes, o deputado Elvino Bohn Gass (PT-RS) detalha o objetivo da audiência: “Como seria composto o preço da tarifa? Haveria subsídio governamental? Que compromissos as empresas teriam com a melhoria e ampliação do serviço? A que custo? Como ficariam os atuais trabalhadores da Trensurb e da CBTU? Se o governo Bolsonaro está propondo a privatização, precisa responder a essas e outras perguntas. Afinal, estamos falando de um transporte que hoje é utilizado por cerca de 18 milhões de brasileiros a cada mês”.

A Comissão também quer ouvir o que usuários e trabalhadores pensam sobre a eventual privatização, por isso a lista de convidados para a audiência inclui representantes dos dois setores, governo e sociedade civil. Foram chamados o ministro-Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; o diretor-Geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres, Mario Rodrigues Junior; o diretor Presidente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, José Marques de Lima; o diretor Presidente da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A, David Borille; o presidente da Fenametro, Celso Trapaga Borba; o presidente do SindiMetrô/RS, Luis Henrique Chagas; o coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias do Rio Grande do Norte, Jorge Luiz da Silva; o presidente do Sindmetro/MG, Adalberto Ferreira; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias no Estado de Alagoas, Luciano Gamas e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias no Estado da Paraíba, Severino Urbano Filho.

Em maio deste ano, o governo Bolsonaro publicou a resolução nº 60 do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos que opina favoravelmente à privatização da CBTU e da Trensurb. Hoje, a CBTU atende as capitais de Pernambuco, Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas, transportando 14 milhões de passageiros em média por mês. Já o Trensurb que atende a Região Metropolitana de Porto Alegre transporta 4 milhões de passageiros em média por mês.

Assessoria de Comunicação

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Zé Neto apresenta projeto que garante computador para estudantes pobres de escolas públicas durante a pandemia

O deputado Zé Neto (PT-BA) apresentou um projeto de lei na Câmara (PL 3.699/20), com a coa…