Home Portal Notícias Professora Rosa Neide destaca vida e obra de Paulo Freire em debate com especialistas

Professora Rosa Neide destaca vida e obra de Paulo Freire em debate com especialistas

8 min read
0

O Patrono da Educação Brasileira, o pedagogo Paulo Freire foi tema de um amplo debate na manhã desta quarta-feira (18), na Comissão de Educação da Câmara Federal. A Professora Rosa Neide (PT-MT) propôs a atividade “Paulo Freire: contribuição social, política e pedagógica”, que recebeu especialistas sobre as obras do educador brasileiro.

A deputada Rosa Neide – que já foi secretária de Educação do Mato Grosso – destaca o legado de Paulo Freire à educação brasileira. Segundo a parlamentar, a reverência ao maior educador brasileiro, reconhecido nacional e internacionalmente, é um imperativo, dada a atualidade do seu pensamento e da pedagogia crítica para o desenvolvimento da educação nacional e a construção de cidadãos críticos e livres em uma sociedade democrática. Freire dedicou sua vida à educação dos excluídos, uma educação eminentemente libertadora que busca a transformação da sociedade.

Rosa Neide, que é coordenadora da Frente Parlamentar em Defesa da Escola Pública e Profissionais da Educação, lembrou que Paulo Freire é um “pensamento vivo, é uma ideia viva entre todos nós educadores. Quando a gente fala, quando alguém exclui, na discussão da educação brasileira, e quer continuar insistindo nessa questão de excluir o pensamento de Paulo Freire, vai ter que excluir também a condição de sermos generosos uns com os outros, porque se falarmos de generosidade e se praticarmos generosidade estamos balizados por tudo que Paulo Freire foi”, analisou a parlamentar.

A deputada do Mato Grosso destacou que “se falarmos de respeito, de liberdade, de diálogo, de amorosidade como Freire sempre se referiu”, de esperança, de fraternidade, de sonhos, de alegria, de tolerância, “se tivermos esses conceitos e tantos outros em nossas práticas, estaremos sendo freireanos”, explicou Rosa Neide. E rechaçou as tentativas do governo Bolsonaro e seus apoiadores de extrema direita em criticar Paulo Freire. “Tirar Paulo Freire do contexto da educação é tirar a possibilidade de sermos professores, professoras e estudantes no contexto da educação brasileira. Quando se fala de democracia e de direitos humanos, de educação libertadora e fortemente de intervir na realidade para melhorar as condições de existência das pessoas que estão ali, estamos falando de Paulo Freire”, exaltou Rosa Neide.

Educação libertadora

A parlamentar disse ainda que Paulo Freire “vai continuar na marcha conosco, por uma educação libertadora, inclusiva, que todos nossos filhos tenham a porta da escola com acesso, e a permanência como direito e a qualidade da educação construída por todos nós”, enfatizou Rosa Neide.

O deputado Pedro Uczai (PT-SC) também participou do ciclo de palestras pela manhã e frisou sobre a importância do legado e das obras de Paulo Freire à educação brasileira e também para o mundo. Rogério Correia (PT-MG), por sua vez, disse que as elites “têm medo de Paulo Freire”. O deputado Célio Moura (PT-TO) exaltou a realização do debate e afirmou que “Paulo Freire é um dos homens mais importante da história do Brasil”. Reginaldo Lopes (PT- MG) também relembrou das lutas de Paulo Freire por uma educação libertadora no País.

A deputada Luiza Erundina (PSOL-SP) lembrou que apresentou e aprovou anos atrás projeto de lei que conferiu a Paulo Freire o título de Patrono da Educação Brasileira. “Só que o trabalho que eu tô tendo para manter esse título não é brincadeira. Ele continua ‘me dando trabalho’, o Paulo Freire. Evitamos que o Senado cassasse o seu título, e tem três projetos de lei tramitando nesta Casa, estamos tentando segurar bastante na Comissão de Educação, o presidente daquela comissão está nos ajudando, então tem mais três projetos para cassar Paulo Freire de novo, porque tirar o título de Patrono da Educação Brasileira de Paulo Freire é exilá-lo, é tirar ele de novo do País, é expulsá-lo de novo do País. E aí nós vamos às últimas consequências, vamos sentar de novo na mesa do Presidente, vamos fazer todas as desobediências civis que possam ser feitas, para que o título de Paulo Freire não seja cassado”, prometeu a ex-prefeita de São Paulo.

Convidados

Participaram do debate como convidados Dimas Brasileiro Veras, doutor pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Pernambuco (PPGH-UFPE); Erasto Fortes Mendonça, doutor em Educação pela Unicamp; e Rosilene Côrrea, representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

Paulo Freire nasceu em 19 de setembro de 1921, em Recife, e faleceu no dia 2 de maio de 1997, em São Paulo.

Veja o vídeo do debate na íntegra:

https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/57426

 

Carlos Leite

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bulletin 610 – People’s Committee in Defense of Lula and Democracy

Bulletin 610 – People’s Committee in Defense of Lula and Democracy Straight from Curitiba …