Home Portal Notícias Privatizar os Correios é um crime de lesa-pátria, afirma Vicentinho

Privatizar os Correios é um crime de lesa-pátria, afirma Vicentinho

2 min read
0

Deputados da Bancada do PT na Câmara participaram de reunião com lideranças dos Correios na manhã desta quarta-feira (18) na Câmara dos Deputados. O encontro aconteceu na Comissão de Legislativa Participativa (CLP), onde foram discutidas estratégias para evitar votar projetos que busquem acabar com a exclusividade dos Correios em serviços postais.

Além de relatar a suspensão da greve – determinada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) -, os representantes dos Correios externaram preocupação com a possível venda da empresa pública. “Eles também manifestaram a preocupação deles, que também é nossa, contra a privatização. Eu não chamo nem de privatização, eu chamo de desnacionalização, porque não é para privatizar para cá (Brasil) é para os grupos econômicos estrangeiros. É um crime de lesa-pátria”, denunciou o deputado Vicentinho (PT-SP).

De acordo com pesquisas recentes, 60% dos brasileiros são contra a privatização dos Correios. O deputado defende a empresa e os seus trabalhadores. “Nós fazemos parte da Frente Parlamentar em Defesa dos Correios, dos trabalhadores e dos Correios Públicos e de qualidade”, disse.

Os parlamentares da Comissão vão tentar, na tarde desta quarta-feira, uma reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para que não seja permitida a votação da privatização das estatais.

Estiveram presentes na reunião os deputados petistas Vicentinho (SP), Maria do Rosário (RS), Alencar Santana (SP), Rogério Correia (MG) e João Daniel (SE).

 

Lorena Vale

Foto: Fábio Martins

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Zé Neto defende retomada do papel histórico do BNDES no financiamento à indústria nacional

O vice-líder do PT na Câmara, deputado Zé Neto (BA), defendeu hoje (11) a retomada do pape…