Home Portal Notícias Projeto que prevê autonomia das universidades na escolha de reitores será debatido em regime de urgência

Projeto que prevê autonomia das universidades na escolha de reitores será debatido em regime de urgência

3 min read
0

O deputado José Guimarães (PT-CE), vice-líder da Minoria, deu um novo passo para acelerar a votação do projeto de lei (PL 4998/2019), de sua autoria, que versa sobre o processo de escolha de reitores das universidades federais. É que nesta terça-feira (17), o deputado conseguiu assinaturas de parlamentares que compõem o Colégio de Líderes para o requerimento que solicita regime de urgência para apreciação da proposta. “Esta conquista tem grande relevância, pois com a aprovação do requerimento, o projeto vai direto à votação em plenário”, comemorou o petista.

Guimarães apresentou essa proposta na semana passada, na Comissão de Educação da Câmara. Segundo ele, o PL tem como objetivo restabelecer a democracia nas universidades, violada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Historicamente, lembrou Guimarães, a comunidade acadêmica era quem indicava três nomes (lista tríplice) e o presidente da República escolhia um deles.  Atualmente, explicou, o governo, por meio de decreto, retira das instituições federais de ensino essa prerrogativa e atribui à Secretaria de Governo da Presidência da República avalizar a nomeação de reitores, vice-reitores, pró-reitores e outros cargos de gestão nas universidades federais. “Com isso, o governo acaba com a autonomia universitária”, denunciou.

“Queremos acabar com a tirania deste governo que não segue a tradição e nem é democrático. Agora as universidades escolherão os seus reitores e vice-reitores”, assegurou Guimarães.

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), é quem decidirá, junto com o Colégio de Líderes, a data em que o projeto será debatido e votado em plenário.

Benildes Rodrigues

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Crescimento de violações aos direitos humanos é destaque em sessão solene na Câmara

Representantes da sociedade civil e do Ministério Público lamentaram, nesta sexta-feira (6…