Home Portal Notícias Manchetes Volta PT é palavra de ordem nas redes e no coração do povo no Twitter, afirma Paulo Pimenta

Volta PT é palavra de ordem nas redes e no coração do povo no Twitter, afirma Paulo Pimenta

15 min read
0

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara participaram ativamente do tuitaço #VoltaPT, que surgiu de forma espontânea e movimentou o Twitter nesta sexta-feira (6). O assunto foi o mais comentado no Brasil (1º lugar durante quase todo o dia) e um dos maiores do mundo, chegando a sexta colocação no ranking (Trending Topics, ou TT’s, em inglês). A hastag ganhou visibilidade após o presidente Jair Bolsonaro ter reclamado de críticas de seus apoiadores em relação a escolha do próximo procurador-geral da República, Augusto Aras. “Se não confiarem em mim, mais cedo o PT volta”, disse Bolsonaro.

Junto com o Tuitaço, também foi lançado o clip musical com o título: “Eu já vivi um grande amor”. Ao falar sobre a percepção do povo entre Lula e Bolsonaro, a canção afirma que o sentimento sobre o ex-presidente é de orgulho e saudade, enquanto em relação a Bolsonaro é de vergonha e decepção. Ao final do clip a população é convida a assinar o abaixo assinado pela anulação da injusta condenação contra o ex-presidente.

O líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), lembrou que parte do eleitorado que votou em Bolsonaro já se arrependeu e que a saudade do tempo em que o PT presidia o País é cada vez maior. “25% dos eleitores de Jair Bolsonaro já se declaram arrependidos de terem votado nele. O número real de arrependidos é muito maior e o sentimento de decepção é generalizado entre o eleitorado do amigo do Queiroz. Volta PT é palavra de ordem nas redes e no coração do povo!”, afirmou.

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), disse que “o povo brasileiro já percebeu o grande farsante que você é, Jair Bolsonaro, e sua grande traição ao Brasil”. “Diferente de você, nós do PT não temos medo da democracia. É ela que vai colocar o País de novo no rumo certo, com soberania, crescimento e justiça social. Aguarde”, avisou.

Outros parlamentares também se manifestaram favoráveis ao #VoltaPT lembrando de programas e ações desenvolvidas durante os governos petistas no País. Entre eles o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara (CDHM), deputado Helder Salomão (PT-ES) que listou algumas. “Volta transposição do Rio São Francisco, Volta Mais Médicos, Volta direitos sociais, Volta oportunidades, Volta educação, Volta soberania, Volta emprego, Volta Minha Casa Minha Vida. Por um País mais justo! Volta PT!”, escreveu.

Desenvolvimento Econômico

Sobre os avanços conquistados pelo País sob o comando do PT, o deputado José Guimarães (PT-CE) postou notícia divulgada pelo Portal UOL, em fevereiro de 2010, sobre um estudo da Fundação Getúlio Vargas com o título: “Era Lula foi a melhor fase da economia brasileira dos últimos 30 anos”. Sobre a notícia, o parlamentar comentou:

“Nos governos do PT o povo tinha emprego e valorização da sua renda! Hoje o presidente só quer saber de arrumar confusão com outros países, enquanto não apresenta nenhum programa para combater o desemprego e melhorar a economia. #VoltaPT”, ressaltou.

Meio Ambiente

Em relação aos atuais retrocessos na preservação do meio ambiente, o presidente da Comissão de Legislação Participativa, deputado Leonardo Monteiro (PT-MG), relembrou como era diferente o tratamento dado a maior floresta do planeta durante os governos do PT. “Enquanto Lula e Dilma reduziram, num período de 10 anos, o desmatamento da Amazônia em 82%, Bolsonaro conseguiu destruir em pouco mais de sete meses 43 mil km² de um dos mais diversos biomas do mundo! #VoltaPT”, afirmou.

Volta PT é palavra de ordem nas redes e no coração do povo no Twitter, afirma Paulo Pimenta

 

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara participaram ativamente do tuitaço #VoltaPT, que surgiu de forma espontânea e movimentou o Twitter nesta sexta-feira (6). O assunto foi o mais comentado no Brasil (1º lugar durante quase todo o dia) e um dos maiores do mundo, chegando a sexta colocação no ranking (Trending Topics, ou TT’s, em inglês). A hastag ganhou visibilidade após o presidente Jair Bolsonaro ter reclamado de críticas de seus apoiadores em relação a escolha do próximo procurador-geral da República, Augusto Aras. “Se não confiarem em mim, mais cedo o PT volta”, disse Bolsonaro.

Junto com o Tuitaço, também foi lançado o clip musical com o título: “Eu já vivi um grande amor”. Ao falar sobre a percepção do povo entre Lula e Bolsonaro, a canção afirma que o sentimento sobre o ex-presidente é de orgulho e saudade, enquanto em relação a Bolsonaro é de vergonha e decepção. Ao final do clip a população é convida a assinar o abaixo assinado pela anulação da injusta condenação contra o ex-presidente.

O líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), lembrou que parte do eleitorado que votou em Bolsonaro já se arrependeu e que a saudade do tempo em que o PT presidia o País é cada vez maior. “25% dos eleitores de Jair Bolsonaro já se declaram arrependidos de terem votado nele. O número real de arrependidos é muito maior e o sentimento de decepção é generalizado entre o eleitorado do amigo do Queiroz. Volta PT é palavra de ordem nas redes e no coração do povo!”, afirmou.

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), disse que “o povo brasileiro já percebeu o grande farsante que você é, Jair Bolsonaro, e sua grande traição ao Brasil”. “Diferente de você, nós do PT não temos medo da democracia. É ela que vai colocar o País de novo no rumo certo, com soberania, crescimento e justiça social. Aguarde”, avisou.

Outros parlamentares também se manifestaram favoráveis ao #VoltaPT lembrando de programas e ações desenvolvidas durante os governos petistas no País. Entre eles o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara (CDHM), deputado Helder Salomão (PT-ES) que listou algumas. “Volta transposição do Rio São Francisco, Volta Mais Médicos, Volta direitos sociais, Volta oportunidades, Volta educação, Volta soberania, Volta emprego, Volta Minha Casa Minha Vida. Por um País mais justo! Volta PT!”, escreveu.

Desenvolvimento Econômico

Sobre os avanços conquistados pelo País sob o comando do PT, o deputado José Guimarães (PT-CE) postou notícia divulgada pelo Portal UOL, em fevereiro de 2010, sobre um estudo da Fundação Getúlio Vargas com o título: “Era Lula foi a melhor fase da economia brasileira dos últimos 30 anos”. Sobre a notícia, o parlamentar comentou:

“Nos governos do PT o povo tinha emprego e valorização da sua renda! Hoje o presidente só quer saber de arrumar confusão com outros países, enquanto não apresenta nenhum programa para combater o desemprego e melhorar a economia. #VoltaPT”, ressaltou.

Meio Ambiente

Em relação aos atuais retrocessos na preservação do meio ambiente, o presidente da Comissão de Legislação Participativa, deputado Leonardo Monteiro (PT-MG), relembrou como era diferente o tratamento dado a maior floresta do planeta durante os governos do PT. “Enquanto Lula e Dilma reduziram, num período de 10 anos, o desmatamento da Amazônia em 82%, Bolsonaro conseguiu destruir em pouco mais de sete meses 43 mil km² de um dos mais diversos biomas do mundo! #VoltaPT”, afirmou.

Também partiparam do tuitaço #VoltaPT os deputados petistas Afonso Florence (BA), Airton Faleiro (PA), Alencar Santana Braga (SP), Benedita da Silva (RJ), Beto Faro (PA), Bohn Gass (RS), Carlos Veras (PE), Enio Verri (PR), Erika Kokay (DF), Henrique Fontana (RS), João Daniel (SE), José Ricardo (AM), Margarida Salomão (MG), Maria do Rosário (RS), Natália Bonavides (RN), Nilto Tatto (SP), Paulão (AL), Paulo Guedes (MG), Paulo Teixeira (SP), Pedro Uczai (SC), Professora Rosa Neide (MT), Reginaldo Lopes (MG), Rogério Correia (MG), Rui Falcão (SP), Waldenor Pereira (BA) e Zeca Dirceu (PR).

 

Veja o clip musical “Eu já vivi um grande amor”

Héber Carvalho

 

 

 

 

 

 

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Frei Anastácio cobra informações do governo sobre a privatização de 17 empresas estatais

O deputado Frei Anastácio (PT-PB) protocolou na Câmara requerimento com pedido de informaç…