Home Portal Notícias Bispo do Pará denuncia a destruição da Amazônia

Bispo do Pará denuncia a destruição da Amazônia

4 min read
0

O representante da Igreja Católica e bispo da prelazia do Marajó (PA), dom Evaristo Spengler, entregou no Congresso Nacional na manhã desta quarta-feira (4), uma carta escrita pelos bispos da Amazônia brasileira. O documento redigido no último encontro antes do Sínodo da Amazônia, em Belém, denuncia que a Amazônia está sendo depredada, além da crescente onda de violência na região. O religioso também cobrou da tribuna da Câmara, medidas urgentes do governo para resolver os conflitos e destruição da região. Parlamentares da Bancada do PT participaram dos atos com os religiosos.

“Os bispos da Amazônia já se reúnem desde 1952 preocupados com os biomas, preocupados com os povos tradicionais e indígenas, quilombolas e ribeirinhos. A Amazônia já está chegando a uma destruição de 20% do seu total no Brasil, se passar de 20%, teme-se um problema muito mais sério com o meio ambiente”, revela o bispo Evaristo Spengler.

Para o coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista, Nilto Tatto (PT-SP), a vinda do bispo é importante para o momento que a Amazônia está passando. “Bolsonaro desestruturou todo o programa de monitoramento, fiscalização e de controle. Desestruturou o Ibama, ICMBio e a Funai, instituições que tinham um papel importante de articular o apoio nos governos de estado e assim fazer o controle para que não aumentasse o número de focos de incêndio e também de desmatamento”, critica Tatto.

Repercussão internacional

“Essa mobilização em defesa da Amazônia e dos povos da Amazônia ganhou vida nacional e internacional e nós não podemos deixar morrer. A comunidade internacional se mobilizou, o Brasil se mobilizou, mas o risco está quando pararem os incêndios criminosos, as derrubadas, porque chegam as chuvas, e os ataques aos povos da Amazônia podem continuar”, alertou o deputado Airton Faleiro (PT-PA).

O Sínodo dos Bispos é uma tradicional reunião de todo o episcopado católico em torno de um tema urgente para a Igreja. O Vaticano recebe em outubro a 16ª assembleia geral ordinária do Sínodo dos Bispos, que reúne 250 lideranças católicas de todo o mundo para discutir por 23 dias o tema “Amazônia: Novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

Veja o vídeo da coletiva:

Coletiva com Dom Evaristo Spengler, bispo de Marajó, e parlamentares do PT.

Posted by PT na Câmara on Wednesday, September 4, 2019

Veja a carta na íntegra:

Carta Encontro de Belém

Lorena Vale

Foto – Lorena Vale

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT cobra da PGR ações contra ministro do Meio Ambiente por omissão no derramamento de petróleo no mar do Nordeste

A Bancada do PT na Câmara protocolou hoje (14), na Procuradoria–Geral da República, repres…