Home Portal Notícias Distribuição e privatização de energia no Brasil é criticada em debate na Câmara

Distribuição e privatização de energia no Brasil é criticada em debate na Câmara

3 min read
0

A Comissão de Minas e Energia (CME) promoveu audiência pública nesta terça-feira (3) sobre os Desafios para a distribuição de Energia Elétrica no País. A iniciativa da atividade é do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), e contou também com a participação do deputado Zé Neto (PT-BA), além de representantes do governo federal. A tarifa, a qualidade, a distribuição de energia, a abertura de mercado, a preservação do capital brasileiro foram os assuntos debatidos pelos participantes.

Dados do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo (Stieesp) mostram que de janeiro de 2016 a junho de 2018, 95,9% estatais brasileiras de distribuição de energia foram vendidas para os estrangeiros. “Não há país no mundo que se escancarou, que se abriu como o Brasil. O mercado interno está esquecido. Não há atualizações que permitem que o nosso País se proteja, assim como os EUA. Precisamos fortalecer o capital, ter soberania e uma estratégia”, recomendou Zé Neto.

Para o parlamentar, a melhoria da solução da distribuição de energia no País e os interesses do trabalhador e da produção têm que andar juntos. “Tem que trabalhar em um processo conciliatório. Os interesses dos trabalhadores não são diferentes do setor produtivo nacional.  A situação do setor elétrico é a mesma do saneamento, que querem privatizar”, criticou Zé Neto.

O presidente da Stieesp, Eduardo de Annunciato, apontou diversas falhas do governo com a distribuição de energia. Um deles foi a existência de programas que não são eficazes. O sindicalista criticou a não participação dos trabalhadores do setor nas tomadas de decisões do governo.

Participaram da audiência Aurélio Pavão, coordenador-geral do Ministério de Minas e Energia; Leandro Caixeta Moreira, subsecretário de Energia e Estudos Quantitativos do Ministério da Economia; Marcos Aurélio Madureira da Silva, presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee); Reginaldo Medeiros, presidente da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel).

Tuanny Carvalho

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Reduzir contribuição para o FGTS prejudica trabalhadores e beneficia os mais ricos, acusam petistas

O líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Enio Verri (PT-PR), e os deputados Vicentinho…