Home Portal Notícias Reprovação de Bolsonaro segue ladeira abaixo

Reprovação de Bolsonaro segue ladeira abaixo

8 min read
0

Em meio a tantas crises, a reprovação do presidente Jair Bolsonaro segue crescendo. De acordo com a pesquisa divulgada nesta segunda-feira (2), pelo instituto DataFolha, a reprovação do presidente subiu de 33% para 38%. A aprovação também caiu, de 33% em julho para 29% agora. Para o líder do PT na Câmara dos Deputados, deputado Paulo Pimenta (RS), o governo segue “ladeira abaixo”.

O Nordeste sempre foi uma fortaleza do voto antibolsonarista, mas seu índice de ruim e péssimo subiu de 41% para 52% na região de julho para cá. “Mais uma pesquisa confirma a impopularidade de Bolsonaro. Nunca antes na história deste país, tivemos um presidente eleito tão mal avaliado em apenas 8 meses de mandato”, escreveu o deputado Carlos Veras (PT-PE) em suas redes sociais.

“‏Pesquisa Datafolha mostra derretimento da popularidade de Bolsonaro. Maioria do povo brasileiro não está nada satisfeita com o presidente governando em benefício da família dele e dos seus eleitores mais radicais. O ‘capitão’ segue intrépido rumo ao abismo”, afirmou a deputada Erika Kokay (PT-DT), que usou seu twitter para comentar a nova pesquisa.

A perda de apoio de Bolsonaro também foi acentuada entre aqueles mais ricos, com renda mensal acima de 10 salários mínimos. Para o deputado Helder Salomão (PT-ES), “ricos e escolarizados já abandonam Jair Bolsonaro. E o número de arrependidos só aumenta”. Neste segmento, a aprovação ao presidente caiu de 52% em julho para 37% agora.

A pior avaliação do mandatário é entre os mais pobres, que ganham até dois salários mínimos (22%), os mais jovens (16 a 24 anos, 24%) e com escolaridade baixa (só ensino fundamental, 26%).

“O governo Bolsonaro já está derrotado. A percepção das pessoas nesses 8 meses: 1. Decepção e frustação; 2. Desemprego em todos os setores da economia; 3. Despreparo para governar, dentre outras coisas que explicam a alta rejeição segundo o Datafolha”, destacou José Guimarães (PT-CE).

‘Capitão’ e suas bobagens

“A queda na avaliação de um presidente eleito sem plano de governo já era de se esperar. Também não surpreende o fato de alguns empresários mais atrasados seguirem a seu lado, enquanto ele representar o fim de direitos trabalhistas e da legislação ambiental. Jair Bolsonaro ostenta a primeira posição entre os presidentes com pior avaliação nos 8 primeiros meses de governo. Quando o assunto é fazer ou falar bobagens, o capitão segue imbatível”, escreveu o deputado Nilto Tatto (PT-SP) em seu twitter.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) destacou os problemas do desgoverno de Bolsonaro. “Dentre outros problemas, a educação sofre com cortes, o desemprego cresce, a Amazônia está em chamas, a política externa vai de mal a pior e as dificuldades para população aumentam. É um verdadeiro desgoverno. A prova está no Datafolha de hoje. A rejeição de Bolsonaro é recorde”.

Para o deputado Alencar Santana (PT-SP), “bravatas de Bolsonaro continuam em alta, mas sua aprovação em queda. Povo está percebendo que verborragia não resolve problemas reais e que a economia está pior”.  Seguindo na mesma linha, o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) escreveu que a “reprovação do presidente sobe de 33% para 38% dos brasileiros, que percebem a sua incapacidade de governar o país. É o mais mal avaliado dos presidentes em primeiro mandato, conforme o Datafolha. Ódio e ressentimentos não contribuem para governar o Brasil”.

“Incapacidade de Bolsonaro para governar para todos resulta em reprovação recorde de 38% dentre presidentes de primeiro mandato”, afirmou Reginaldo Lopes (PT-MG). Para o deputado Odair Cunha (PT-MG), a pesquisa confirma que “Bolsonaro é o presidente mais mal avaliado, em apenas oito meses, da história do país. O povo brasileiro está percebendo o despreparo do capitão”.

Rogério Correia (PT-MG) aposta que Bolsonaro irá cair mais. “Nossa aposta: vai cair ainda mais, pois não dá a mínima para os verdadeiros problemas do povo. É ladeira abaixo mesmo”. Para o deputado Airton Faleiro (PT-PA), a pesquisa confirma o que a “VoxPopuli apontou na sua última sondagem: Bolsonaro está igual a gelo sob o sol de verão, derrete feito lesma ao sal. Já é de longe o pior presidente que o País já teve”.

Os parlamentares da Bancada do PT Paulo Guedes (MG), Pedro Uczai (SC), Margarida Salomão (MG), Rosa Neide (MT), Benedita da Silva (RJ), Odair Cunha (MG), Afonso Florence (BA) e Henrique Fontana (RS) também divulgaram a pesquisa de hoje em suas redes sociais.

 

Veja pesquisa completa:

https://bit.ly/2kaYjnI

 

Lorena Vale com Folha de São Paulo

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bolsonaro agora cita até Mussolini nas redes sociais

A escalada autoritária do presidente Jair Bolsonaro segue sem freios ou mesmo um esforço p…