Home Portal Notícias Boletim 555 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 555 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

4 min read
0

Boletim 555 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 28/8/2019 – 508 dias de resistência – 19h30

 

  1. Os deputados federais Paulo Pimenta (PT-RS) e Paulo Teixeira (PT-SP) visitam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quinta-feira (29) na sede da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba. Após o encontro, os parlamentares visitarão a Vigília Lula Livre para falar com a militância sobre o teor da conversa com o maior líder popular da história do Brasil, mantido como preso político desde do dia 7 de abril de 2018. O depoimento de Pimenta e Teixeira será transmitido ao vivo pelas redes sociais do PT, Lula e sites parceiros a partir das 17h.

 

  1. O geógrafo britânico David Harvey, reconhecido como um dos mais importantes pensadores da atualidade, participou na segunda-feira (26) de um debate sobre os desafios da nova conjuntura internacional no Armazém do Campo (São Paulo), do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), e assinou manifesto que pede a libertação de Lula. Nesta quarta (28), as redes sociais do ex-presidente publicaram depoimento em vídeo do intelectual. “Lula nunca deveria ter sido colocado na cadeia. Acredito que sua prisão é sinal do desespero do capitalismo para assegurar que não haja uma voz contrária à sua dominação”, afirmou. Assista: https://bit.ly/2ZxkcjF

 

  1. A Bancada do PT na Assembleia Legislativa do Paraná marcou presença nesta quarta-feira (28) na Vigília Lula Livre a fim de prestar solidariedade ao ex-presidente e participar das atividades diárias do local de resistência em Curitiba. Neste dia 28, mais uma vez os deputados Arilson Chiorato, Luciana Rafagnin, Tadeu Veneri e Professor Lemos conduziram a costumeira atividade “Bom dia, presidente Lula!”. Na parte da tarde, o vereador petista Rodrigo Forneck, de Rio Branco (Acre), foi quem puxou a saudação vespertina junto à militância. Assista: https://bit.ly/2Zy3k8a

 

  1. A prisão de Lula “faz parte de um projeto de destruir as conquistas do povo trabalhador, um projeto de levar o Brasil para o neoliberalismo. Isso significa que é preciso ter um Estado bem pequenininho, que não gaste dinheiro com o povo”. A afirmação é de Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, e foi dada no último sábado (24) durante a Plenária do Comitê Estadual Lula Livre de São Paulo. Durante o evento, ele falou sobre o ex-presidente e a organização da luta por sua liberdade diante do cenário político atual. Leia mais: https://pt.org.br/okamotto-prisao-de-lula-e-parte-de-projeto-politico-contra-os-trabalhadores/

 

Boletim 555 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 28/8/2019 – 508 dias de resistência – 19h30

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Gleisi: ao intimidar Lula com inquérito, Moro abusou do cargo e será convocado

Sérgio Moro até tentou esconder mais uma medida arbitrária contra Luiz Inácio Lula da Silv…