Home Portal Notícias Boletim 550 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 550 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

4 min read
0

Boletim 550 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 23/8/2019 – 503 dias de resistência – 19h55

 

  1. A pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Instituto Lula, que tem como uma de suas missões preservar o legado dos seus governos, resgatou um discurso histórico feito por ele durante a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2009, a COP-15, em Copenhague (Dinamarca). O próprio Lula reconhece que fez um bom discurso sobre o desmatamento na Amazônia e as mudanças climáticas e foi aplaudido de pé pelo plenário. Em contraste, os discursos dos presidentes de então dos EUA, Barack Obama, e da França, Nicolas Sarkozy, praticamente não foram notados. Leia mais: https://pt.org.br/lula-foi-ovacionado-pelo-mundo-em-evento-sobre-meio-ambiente-em-2009/

 

  1. O líder do partido França Insubmissa, Jean-Luc Mélenchon, vai visitar o ex-presidente Lula no dia 5 de setembro. Através das redes sociais, ele avisou aos seus correligionários que não participará das tradicionais “ universidades de verão” do partido, pois estará na sede da Polícia Federal de Curitiba com Lula no mesmo período. Leia mais: https://pt.org.br/jean-luc-melenchon-visitara-lula-no-dia-5-de-setembro/

 

  1. Realizado em todas as sextas-feiras desde que Lula está mantido como preso político a partir de uma farsa judicial, o Luzes para Lula chega à sua 500ª edição neste dia 23. A iniciativa de solidariedade simboliza a esperança dos milhões de brasileiros e brasileiras que, com velas, celulares e isqueiros, iluminam a Vigília Lula Livre e renovam as esperanças.

 

  1. O procurador Deltan Dallagnol, chefe da Operação Lava Jato, mudou seus contratos de palestras em 2017, para deixar de lado a filantropia e destinar o dinheiro para enriquecimento pessoal. A alteração foi feita depois de ele justificar à Corregedoria do Ministério Público que a verba arrecadada tinha por objetivo ações filantrópicas. As revelações foram feitas hoje (23) pela Folha de S. Paulo, em parceria com o site The Intercept Brasil. Mais uma prova de que a perseguição política a Lula feita de maneira ilegal pelo agente da força-tarefa tinha também motivações financeiras. Leia mais: https://pt.org.br/deltan-fez-da-perseguicao-a-lula-grande-negocio-e-embolsou-r-580-mil/

 

Boletim 550 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 23/8/2019 – 503 dias de resistência – 19h55

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Procuradores da Lava Jato tramaram derrubada de ministro do STF

Em novas revelações da Vaza Jato trazidas pelo colunista Reinaldo Azevedo, da rádio BandNe…