Home Portal Notícias Por iniciativa de petistas, Câmara pedirá ao TCU que fiscalize o Ministério do Meio Ambiente

Por iniciativa de petistas, Câmara pedirá ao TCU que fiscalize o Ministério do Meio Ambiente

3 min read
0

Os deputados Nilto Tatto (PT-SP), Airton Faleiro (PT-PA) e Frei Anastácio (PT-PB) aprovaram na quarta-feira (21), por unanimidade na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados, um requerimento para o Tribunal de Contas realizar ato de fiscalização e controle, no Ministério do Meio Ambiente, para analisar os procedimentos da contratação de sistema privado de monitoramento a fim de fiscalizar o desmatamento na Amazônia.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, tem anunciado que irá realizar a troca do sistema de monitoramento do desmatamento da Amazônia, após a crise que foi criada com a divulgação feita pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e que resultou na demissão do seu diretor Ricardo Galvão. Matéria publicada no jornal Estado de São Paulo no dia 15 de agosto anuncia que o ministério está realizando “testes gratuitos” desse novo sistema, e informa que pelo formato do edital que está sendo preparado a empresa que ofertou tais testes poderá ser vencedora do processo de licitação para o monitoramento.

Diante da matéria jornalística, os parlamentares compreendem que é necessário o Tribunal de Contas da União realizar a fiscalização desses atos para apurar sua regularidade. “O MMA precisa esclarecer à sociedade se está em curso um processo de cartas marcadas com eventual favorecimento a pessoas ou empresas com a escolha de novo sistema de monitoramento de desmatamento na Amazônia, e explicar porque o governo pretende abandonar um sistema efetivo e de custos menores”, afirma o deputado Nilto Tatto, um dos proponentes da iniciativa.

Assessoria de Comunicação

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Procuradores da Lava Jato tramaram derrubada de ministro do STF

Em novas revelações da Vaza Jato trazidas pelo colunista Reinaldo Azevedo, da rádio BandNe…