Home Portal Notícias Lula pelo Brasil Boletim 547 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 547 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

5 min read
0

Boletim 547 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 20/8/2019 – 500 dias de resistência – 20h55

 

  1. “Não sei se estaria com a disposição de luta que estou hoje se não fosse a coragem, a solidariedade de homens e mulheres, que fazem da Vigília um espaço de democracia, dignidade e muita resistência ao arbítrio que tomou conta do nosso Brasil”, escreveu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em carta direcionada à militância da Vigília que não falhou uma única vez em 500 dias, tardes e noites em manter o apoio e a solidariedade a ele, hoje o preso político mais conhecido no mundo. A carta foi lida durante ato realizado nesta noite na Vigília. Leia mais: https://pt.org.br/de-lula-para-a-vigilia-obrigado-por-voces-existirem/

 

  1. A coordenação da Vigília Lula Livre relatou, também em carta, o sentimento que acompanha todos aqueles que, seja por um dia ou 500, já sentiram a energia vinda do local de resistência em Curitiba. “Seguiremos organizados por Lula Livre, que hoje é o principal símbolo da luta pela recuperação da democracia e do projeto nacional e de direitos sociais”, diz trecho do documento. Leia mais: https://pt.org.br/lula-vale-a-luta-a-carta-da-vigilia-lula-livre-ao-ex-presidente/

 

  1. Em artigo publicado na Folha de São Paulo desta terça-feira (20), a deputada Gleisi Hoffmann (PR), presidenta nacional do PT, Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL, Luciana Santos, presidenta nacional do PCdoB, João Paulo Rodrigues, dirigente do MST, e Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula, escrevem que o Supremo Tribunal Federal (STF) tem a chance de reparar abuso e infâmia praticados contra Lula. Leia mais: https://pt.org.br/artigo-especial-500-dias-de-injustica-contra-lula/

 

  1. Em Brasília, lideranças do PT e de movimentos sociais, depois de um ato no Salão Verde da Câmara, saíram em caminhada até o Ministério da Justiça e Segurança numa demonstração de repúdio ao ex-juiz Sérgio Moro, por sua atuação fora da lei na Lava Jato e um dos principais responsáveis pela crise institucional instalada no País. Presentes no ato simbólico, a presidenta Nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta, reforçaram a necessidade de ampliar a cobrança ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que retome a legalidade e o controle do Poder Judiciário e também liberte imediatamente o ex-presidente Lula. Leia mais: https://pt.org.br/em-ato-simbolico-por-lula-em-brasilia-petistas-cobram-resposta-do-stf/

 

  1. O lançamento da campanha Moro Mente realizada pela Associação dos Juristas pela Democracia (ABJD), ocorrido em São Paulo na noite desta segunda (19), também rendeu uma carta do ex-presidente Lula. No texto, o ex-presidente aponta os abusos da operação Lava Jato e os riscos que a força-tarefa de Curitiba representa à democracia e à soberania nacional. Leia na íntegra: https://pt.org.br/carta-de-lula-a-lava-jato-assaltou-a-soberania-nacional/

 

Boletim 547 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 20/8/2019 – 500 dias de resistência – 20h55

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Procuradores da Lava Jato tramaram derrubada de ministro do STF

Em novas revelações da Vaza Jato trazidas pelo colunista Reinaldo Azevedo, da rádio BandNe…