Home Portal Notícias Lula pelo Brasil Boletim 547 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 547 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

5 min read
0

Boletim 547 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 20/8/2019 – 500 dias de resistência – 20h55

 

  1. “Não sei se estaria com a disposição de luta que estou hoje se não fosse a coragem, a solidariedade de homens e mulheres, que fazem da Vigília um espaço de democracia, dignidade e muita resistência ao arbítrio que tomou conta do nosso Brasil”, escreveu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em carta direcionada à militância da Vigília que não falhou uma única vez em 500 dias, tardes e noites em manter o apoio e a solidariedade a ele, hoje o preso político mais conhecido no mundo. A carta foi lida durante ato realizado nesta noite na Vigília. Leia mais: https://pt.org.br/de-lula-para-a-vigilia-obrigado-por-voces-existirem/

 

  1. A coordenação da Vigília Lula Livre relatou, também em carta, o sentimento que acompanha todos aqueles que, seja por um dia ou 500, já sentiram a energia vinda do local de resistência em Curitiba. “Seguiremos organizados por Lula Livre, que hoje é o principal símbolo da luta pela recuperação da democracia e do projeto nacional e de direitos sociais”, diz trecho do documento. Leia mais: https://pt.org.br/lula-vale-a-luta-a-carta-da-vigilia-lula-livre-ao-ex-presidente/

 

  1. Em artigo publicado na Folha de São Paulo desta terça-feira (20), a deputada Gleisi Hoffmann (PR), presidenta nacional do PT, Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL, Luciana Santos, presidenta nacional do PCdoB, João Paulo Rodrigues, dirigente do MST, e Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula, escrevem que o Supremo Tribunal Federal (STF) tem a chance de reparar abuso e infâmia praticados contra Lula. Leia mais: https://pt.org.br/artigo-especial-500-dias-de-injustica-contra-lula/

 

  1. Em Brasília, lideranças do PT e de movimentos sociais, depois de um ato no Salão Verde da Câmara, saíram em caminhada até o Ministério da Justiça e Segurança numa demonstração de repúdio ao ex-juiz Sérgio Moro, por sua atuação fora da lei na Lava Jato e um dos principais responsáveis pela crise institucional instalada no País. Presentes no ato simbólico, a presidenta Nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta, reforçaram a necessidade de ampliar a cobrança ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que retome a legalidade e o controle do Poder Judiciário e também liberte imediatamente o ex-presidente Lula. Leia mais: https://pt.org.br/em-ato-simbolico-por-lula-em-brasilia-petistas-cobram-resposta-do-stf/

 

  1. O lançamento da campanha Moro Mente realizada pela Associação dos Juristas pela Democracia (ABJD), ocorrido em São Paulo na noite desta segunda (19), também rendeu uma carta do ex-presidente Lula. No texto, o ex-presidente aponta os abusos da operação Lava Jato e os riscos que a força-tarefa de Curitiba representa à democracia e à soberania nacional. Leia na íntegra: https://pt.org.br/carta-de-lula-a-lava-jato-assaltou-a-soberania-nacional/

 

Boletim 547 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 20/8/2019 – 500 dias de resistência – 20h55

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Câmara aprova destaque do PT e derruba vetos presidenciais; itens ainda serão apreciados pelo Senado

Por acordo de líderes, a Câmara aprovou, nesta quarta-feira (12), por 440 votos a 1, o des…