Home Portal Notícias Líder do PT na Câmara reafirma compromisso do partido em defesa do SUS

Líder do PT na Câmara reafirma compromisso do partido em defesa do SUS

4 min read
0

Diante de milhares de delegados que participaram nesta segunda-feira (5) do ato em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), em Brasília, o líder do PT, deputado Paulo Pimenta (RS), reafirmou o compromisso da Bancada do Partido dos Trabalhadores de atuar na Câmara em defesa do SUS e contra o desmonte das políticas públicas de saúde no País. O ato contou com a presença de grande parte dos 5 mil delegados de todo o País que participam da 16ª Conferência Nacional de Saúde, iniciada ontem em Brasília e que vai até a próxima quarta-feira (7).

“Sou líder dos 55 deputados do PT na Câmara, a bancada do presidente Lula, e estou aqui para reafirmar o compromisso histórico que temos com o SUS. O problema não é apenas termos um governo que quer desmontar a nossa história e o nosso legado, mas termos um País governado por uma quadrilha de milicianos e bandidos que tomaram de assalto o Estado brasileiro. Por isso, não há outro caminho a não ser o da luta e da resistência” afirmou. Paulo Pimenta destacou ainda que o PT sempre teve lado. “Temos lutado diariamente na trincheira contra desmonte do Estado brasileiro, dos direitos do povo e por Lula Livre”, afirmou.

Várias delegados e parlamentares também discursaram durante o ato. Além da defesa do SUS, os pronunciamentos criticaram a redução dos recursos para a Saúde, por conta dos cortes patrocinado pelo governo Bolsonaro e da implantação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos (EC 95). Os efeitos nefastos da Reforma da Previdência sobre a população e os servidores da saúde pública também foram motivo de críticas nos discursos.

Durante a manifestação também foi lida uma Carta Aberta em Defesa do SUS. Cinco ministros que participaram dos governos Lula e Dilma assinaram o documento: Humberto Costa (atualmente senador e líder da bancada petista no Senado), José Gomes Temporão, José Saraiva Felipe, José Agenor Álvares da Silva e Arthur Chioro. O ex-ministro e hoje deputado federal por São Paulo, Alexandre Padilha (PT), também assinou a carta.

O ato contou ainda com a participação dos deputados Rogério Correia (PT-MG), Margarida Salomão (PT-MG), do senador Paulo Rocha (PT-PA) e dos deputados distritais Arlete Sampaio (PT-DF) e Chico Vigilante (PT-DF).

Foto: Lula Marques

Héber Carvalho

 

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bancada do PT apresenta projeto de lei para ampliar alcance do Bolsa Família

Diante do agravamento da crise social no Brasil, com aumento do desemprego e da pobreza ge…