Home Portal Notícias Festival Elas por Elas: petistas debatem participação da mulher na política

Festival Elas por Elas: petistas debatem participação da mulher na política

8 min read
0

O Partido dos Trabalhadores é pioneiro na luta por paridade de gênero na política. Essa igualdade é um princípio do PT, que elegeu a primeira mulher presidenta da República, Dilma Rousseff. Para fomentar essa participação e formar novas lideranças, o Partido criou o projeto Elas por Elas, da Secretaria Nacional de Mulheres, que realiza um festival nacional entre esta sexta-feira (02) e domingo (04).

O Festival Elas por Elas teve como primeira atividade uma reunião entre lideranças femininas do PT. No encontro, todas elas reiteraram a importância das políticas adotadas pelo Partido e a importância de ampliar ainda mais esse debate.

Participaram do encontro a presidenta Nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann, a secretária Nacional de Mulheres do PT, Anne Karolynne, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra e as deputadas federais Natália Bonavides (RN) e Benedita da Silva (RJ), dentre outras convidadas.

Ao falar sobre a presença de mulheres na política, Gleisi é taxativa ao afirmar não ser possível ter uma democracia efetiva enquanto mais da metade do povo brasileiro estiver sub representada. As mulheres correspondem a 52% da população brasileira, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE), mas ocupam apenas 15% das cadeiras do Congresso Nacional.

Somos a maioria dos eleitores, mas somos a minoria na Câmara dos Deputados, nos cargos executivos estaduais, nas prefeituras, etc – reitera.

E complementa sua fala ressaltando que a luta pelos direitos das mulheres é, na verdade, uma luta que beneficia a todos os brasileiros. “Quando queremos saúde para as nossas famílias, educação para os nossos filhos, geração de emprego, renda, oportunidade de trabalho são reivindicações que atingem a maioria da população. Quando as mulheres conseguem transformar suas pautas em realidade, melhoram a vida de todo mundo, por isso a importância de garantir a participação feminina na política”.

As palavras de Gleisi corroboram a fala da deputada federal Natália Bonavides sobre representatividade. “Somos mais da metade da população, mais da metade do eleitorado, mas ainda somos sub representadas nos espaços de poder e na política de modo geral. Isso significa que estamos ausentes nas decisões que afetam nossas vidas. então é urgente ampliar a participação das mulheres”.

Nesse contexto, o Festival Elas por Elas reúne mulheres de todo o país para ampliar o debate sobre suas formas de resistência. Essa é uma forma que a secretária Nacional de Mulheres do PT usou para definir o evento. “A ideia é juntar essas mulheres de todo país, cada uma trazendo sua cultura, sua forma de resistência”, define Anne, que espera a participação de 600 representantes de diversos estados no evento.

PT tem histórico na luta por igualdade de gênero

Fátima Bezerra, única mulher a ser eleita para o governo de um estado brasileiro em 2018, o Rio Grande do Norte, destaca o pioneirismo do PT na luta por mais igualdade. “O projeto Elas por Elas corrobora toda essa tradição do Partido, que tem um papel de vanguarda por colocar na agenda a política de igualdade de gênero. Não podemos de maneira alguma nos conformar com essa sub representatividade. As mulheres tem capacidade, tem desejo e tem o direito, sim, de ter uma participação ativa na vida política”.

A fala da governadora vai ao encontro do que afirmou a deputada federal Benedita da Silva. “Durante esses 39 anos do PT, fizemos com que, cada vez mais mulheres pudessem ter participação e com recortes. Mulheres negras, mulheres brancas, mulheres indígenas…”. Nesse sentido, Benedita considera que o projeto Elas por Elas é fundamental a medida em que amplia o debate e inspira a participação na política.

Festival Elas por Elas

O Festival Elas por Elas acontece entre esta sexta-feira (02) e domingo (04), em Natal, no Rio Grande do Norte. O evento reúne mulheres de todo país para discutir política em meio a uma série de atividades como mesas, debates, oficinas, apresentações artísticas e culturais. Cada estado conta ainda com uma tenda para apresentar suas comidas típicas e expressões culturais.

Com o tema Cultura, Comunicação e Trabalho, o festival é uma iniciativa da Secretaria Nacional de Mulheres em parceria com a Secretaria Nacional de Cultura do PT.

 

Confira a programação na íntegra:

https://pt.org.br/confira-a-programacao-do-festival-nacional-elas-por-elas-em-natal-rn/

 

Leia mais sobre o festival:

https://pt.org.br/luta-por-igualdade-de-genero-marca-o-primeiro-dia-do-festival-elas-por-elas/

 

Da Redação da Secretaria Nacional de Mulheres do PT

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Brasil pode ter 200 mil mortos até meados de outubro, alerta especialista

Em seu último discurso, proferido na quarta-feira (5), no auditório do Ministério de Minas…