Home Portal Notícias Grupo de juízes federais pede expulsão de Moro de associação da categoria

Grupo de juízes federais pede expulsão de Moro de associação da categoria

3 min read
0

O ex-juiz federal Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça e Segurança Pública de Bolsonaro pode ser expulso de associação de magistrados por ter violado as leis ao manipular o processo que resultou na condenação do ex-presidente Lula. Um grupo de 30 juízes federais de vários estados pediu à Associação dos Juízes Federais do Brasil a suspensão cautelar de Moro das atividades associativas

Reportagem do jornalista Rubens Valente na Folha de S.Paulo informa que “um grupo de 30 juízes federais de várias partes do país pediu na segunda-feira (24) à Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) a suspensão cautelar do ministro Sérgio Moro das atividades associativas, inclusive da participação na Lista Ajufe, um grupo de discussão dos magistrados por e-mail”.

Os juízes federais se somam ao clamor nacional pela apuração das circunstâncias das conversas travadas entre Moro e membros da Lava Jato no Ministério Público Federal. O grupo de juízes está convencido de que, se confirmadas as conversas reveladas pelo site The Intercept, Moro deveria perder o título de sócio benemérito da entidade.

“Entendemos que as condutas expostas na publicação jornalística, caso confirmadas, são totalmente contrárias aos princípios éticos e às regras jurídicas que devem reger a atuação de um magistrado, pois quando um juiz atua de forma parcial, chegando ao ponto de confundir sua atuação com a do órgão acusador, a credibilidade do Poder Judiciário é posta em xeque”, diz a representação encaminhada pelos juízes federais.

A representação dos juízes na íntegra:

representação

Brasil 247

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Milhões de trabalhadores devem ir às ruas em defesa do serviço público de qualidade

Diante dos ataques que Jair Bolsonaro e seu ministro da Economia, o banqueiro Paulo Guedes…