Home Portal Notícias Moro agiu como militante e é um estorvo para o governo, diz Joseildo

Moro agiu como militante e é um estorvo para o governo, diz Joseildo

2 min read
0

O deputado Joseildo Ramos (PT-BA) subiu à tribuna da Câmara nesta quarta-feira (12) para comentar o vazamento das conversas entre o ministro Sérgio Moro e o procurador do MPF, Deltan Dallagnol, reveladas após reportagem do site The Intercept. Segundo o parlamentar, ficou claro que ex-juiz agiu como militante partidário contra Lula e o PT, ultrapassou todos os limites das prerrogativas do cargo e que agora não tem mais condição de continuar como ministro e chefe da Polícia Federal.

“Moro é hoje um estorvo cuja a sua sustentação levará o governo a sua definitiva derrocada. Um juiz que recebeu de presente o cargo de ministro fruto de uma negociação e que estava a caminho de um STF cada vez mais distante. É a volta do cipó de aroeira no lombo de quem mandou dar”, comentou.

De acordo com o parlamentar, a defesa do ex-juiz, pautada no suposto hackeamento, não se sustenta já que o que está em jogo é o conteúdo do diálogo. “Quando grampearam ilegalmente a ex-presidente Dilma, eles diziam que o que estava em jogo era o interesse público. Ora, se não é um direito do país saber das práticas de um juiz militante que deveria abrir o jogo e fazer sua carreira na política”, concluiu.

Assessoria de Comunicação

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Previdência: Reforma de Bolsonaro não resolve os problemas da economia, afirmam petistas

Os deputados petistas Jorge Solla (BA), Rubens Otoni (GO), Leonardo Monteiro (MG), João Da…